Ministra da Justiça mudou em menos de 24 horas nome indicado para procurador europeu

  • ECO
  • 14 Janeiro 2021

A mudança aconteceu entre 25 e 26 de novembro de 2019. A 25, o chefe de gabinete envia e-mail à DGPJ a indicar João Conde Correia. No dia seguinte, Van Dunem altera indicação para José Guerra.

A ministra da Justiça alterou a escolha para procurador europeu, indicando o nome de José Guerra para o cargo de procurador europeu, menos de 24 horas depois de o seu chefe de gabinete ter enviado um e-mail, no dia 25 de novembro de 2019, à Direção-Geral da Política de Justiça (DGPJ) a apontar o nome de João Conde Correia, o segundo classificado no concurso do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), avança o Público (acesso pago).

Confrontado pelo jornal, o ministério recusou-se a fazer mais comentários, remetendo as declarações para a intervenção de Francisca Van Dunem no Parlamento, na semana passada.

O Público cita um artigo de opinião do ex-diretor-geral da Política de Justiça, Miguel Romão, que se demitiu na sequência da polémica sobre os erros no currículo de José Guerra que foi enviado para a União Europeia. Nesse artigo, Miguel Romão questiona: “O que motivou uma mudança num espaço tão curto de tempo? Como explica a ministra a opção por um nome que não tinha sido o escolhido pelo CSMP, nem o destacado pelo Parlamento?”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministra da Justiça mudou em menos de 24 horas nome indicado para procurador europeu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião