Ao sétimo dia, bolsa de Lisboa prova primeiros ganhos

PSI-20 quebrou série de seis sessões em baixa à boleia dos bons desempenhos do banco BCP e das duas EDP.

A bolsa nacional avançou esta quinta-feira pela primeira vez em sete sessões, suportada pelos bons desempenhos do BCP, que disparou mais de 4%, e da família EDP, com a EDP Renováveis a somar mais de 3%.

O PSI-20, o principal índice português, avançou 1,47% para 4.855,56 pontos, interrompendo assim um ciclo negativo de seis sessões no vermelho.

Com este registo, a bolsa nacional superou os desempenhos registados por outras importantes praças europeias. O Stoxx 600, que agrega as 600 principais cotadas do Velho Continente, ganhou apenas 0,1% e o alemão Dax-30 ganhou 0,3%. Os ganhos em Madrid e Paris situaram-se na ordem dos 0,7% e 1%, respetivamente.

Por cá, 11 cotadas tiveram um desfecho positivo. O BCP liderou os ganhos com uma subida de 4,16% para 11,78 cêntimos. Na EDP, a EDP Renováveis valorizou 3,39% para 22.9 euros e as ações da casa-mãe somaram 2,0% para 5,198 euros.

BCP em alta

Por outro lado, a travar os ganhos na praça nacional estiveram sobretudo a Jerónimo Martins e a Galp, que observaram quedas de 0,94% e 0,91%, respetivamente.

A subida desta quinta-feira não apaga as perdas que as bolsas acumulam desde o início do ano. O PSI-20 perde quase 1% e as ações europeias atingiram esta quinta-feira mínimos de mais de um mês com os investidores mais cautelosos com as vagas da pandemia em todo o mundo potenciadas por novas variantes mais contagiosas.

(Notícia atualizada às 16h53)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ao sétimo dia, bolsa de Lisboa prova primeiros ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião