Brasileiros da Rio Capital têm 65 milhões para investir no imobiliário em Portugal até 2022

A empresa Rio Capital investiu nove milhões de euros num prédio de luxo em Lisboa, mas tem disponíveis até 65 milhões para aplicar no mercado imobiliário português até 2022.

Mesmo a meio de uma pandemia, os investimentos imobiliários não páram. Prova disso são os brasileiros da Rio Capital que investiram nove milhões de euros em apartamentos de luxo em Lisboa, mas têm muitos mais milhões disponíveis para aplicarem no mercado imobiliário nacional. Empresa tem outros seis projetos no país e não só no setor residencial, mas também no segmento de residências para estudantes.

É nas Avenidas Novas, uma das zonas mais conceituadas da capital, que a Rio Capital está a fazer nascer o Avenida Living, um edifício composto por oito apartamentos de luxo e uma loja, num investimento de nove milhões de euros. As habitações variam entre os T3 e os T4, com áreas entre os 143 e os 214 metros quadrados. Os preços ultrapassam a barreira do milhão de euros.

Este projeto não é o único na carteira da Rio Capital. Para trás contam-se outros seis empreendimentos, aos quais se juntarão outros no futuro. A empresa brasileira atua no mercado nacional há dois anos e, desde então, já desenvolveu seis projetos, num total de cerca de 30.000 metros quadrados de construção, refere, em comunicado.

Aqui, destacam-se o palacete Cruz da Pedra Palace, com 13 apartamentos com vista para o rio Tejo, mas também o Villa Vila, em Vila Franca de Xira, com 85 apartamentos atualmente em construção, dirigido à classe média e aos jovens. Na lista consta ainda um edifício com 330 quartos para estudantes, que será lançado em fevereiro no Monte da Caparica.

Mas os investimentos desta empresa brasileira não ficam por aqui. A Rio Capital vai investir mais 35 milhões de euros em imobiliário português até ao final de 2021 e mais 30 milhões de euros até final de 2022, refere, em comunicado. “O mercado imobiliário pode ter desacelerado com a pandemia, mas em nenhum momento parou, o que demonstra que Portugal é um país altamente seguro e atrativo para investimentos”, diz o CEO da empresa, Júlio Luz.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Brasileiros da Rio Capital têm 65 milhões para investir no imobiliário em Portugal até 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião