CEO da AstraZeneca garante a Costa cumprimento do calendário de entrega de vacinas

"Cada dia de atraso é um dia perdido e são vidas que se colocam em risco", reiterou o primeiro-ministro, perante as dificuldades na entrega de vacinas contra a Covid-19.

O primeiro-ministro português reuniu com o CEO da AstraZeneca, numa altura marcada por tensões devido ao fornecimento de vacinas contra a Covid-19 na União Europeia (UE). O líder da farmacêutica garantiu que vai fornecer à UE nove milhões de doses adicionais da vacina contra a Covid-19 que desenvolveu.

Com este número, o total de doses da vacina da AstraZeneca, que recebeu “luz verde” da Agência Europeia de Medicamentos na semana passada, que o bloco irá receber no primeiro trimestre é de 40 milhões, esclarece o António Costa, no Twitter. Isto representa “um aumento de 30% em relação à proposta anterior”, acrescenta o primeiro-ministro.

Na sua publicação, António Costa sublinha que Pascal Soriot, CEO da AstraZeneca, “reiterou o compromisso em reforçar a sua capacidade de produção na Europa, de modo a cumprir o calendário de entregas de vacinas para a UE”. “Cada dia de atraso é um dia perdido e são vidas que se colocam em risco”, escreve o primeiro-ministro.

Esta segunda-feira, a ministra da Saúde adiantou que Portugal vai receber dois lotes desta vacina em fevereiro, que deverão rondar as 200 mil doses. O primeiro deverá chegar a 9 de fevereiro, e o segundo dez dias depois, no dia 19, acrescentou Marta Temido.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CEO da AstraZeneca garante a Costa cumprimento do calendário de entrega de vacinas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião