MásMóvil estuda fusão com a Vodafone em Espanha e Portugal

  • ECO
  • 3 Fevereiro 2021

O grupo espanhol que detém a Nowo contratou o Goldman Sachs para analisar uma possível fusão com a Vodafone em Espanha e Portugal, avançou o El Confidencial.

Os donos da operadora Nowo estão determinados a crescer na Península Ibérica e terão contratado o Goldman Sachs para analisar possíveis aquisições em Espanha e Portugal. Na mira do grupo espanhol MásMóvil estará a Vodafone, com quem a empresa está a explorar uma fusão de ambas as companhias, avança o El Confidencial.

Os rumores de uma possível fusão entre a MásMóvil e a Vodafone em Espanha já circulam há alguns meses no mercado das telecomunicações, mas o jornal espanhol indica que tal também poderá abranger o mercado português. Segundo o El Confidencial, as conversações entre os dois grupos intensificaram-se nas últimas semanas, podendo surgir um acordo nos próximos meses.

A MásMóvil ficou recentemente com 100% do capital da Nowo e estará em vias entrar no mercado português das comunicações móveis. Recentemente, a imprensa internacional deu conta de que o grupo adquiriu lotes na faixa dos 1.800 MHz no âmbito do leilão para os “novos entrantes” da Anacom, com o objetivo de construir uma rede 4G no país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MásMóvil estuda fusão com a Vodafone em Espanha e Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião