Siemens exporta carregadores elétricos made in Portugal para a Alemanha

A Siemens vai produzir e exportar 96 carregadores para Hamburgo. Esta é uma das maiores encomendas recebidas pela fábrica de Corroios.

A Siemens assinou um contrato com a Hamburger Hochbahn, o maior operador de transportes públicos da cidade alemã de Hamburgo. Com esta parceria, a Siemens irá equipar o estacionamento da estação de recolha de autocarros de Alsterdorf com um total de 96 carregadores produzidas na fábrica em Corroios.

Esta é uma das maiores encomendas que a fábrica da Siemens em Corroios já recebeu, explica a multinacional em comunicado. Os carregadores para autocarros elétricos como destino a Hamburgo vão ser produzidos integralmente nesta unidade fabril, incluindo a engenharia da solução.

“Neste caso, é extremamente satisfatório termos sido capazes de nos destacarmos pela flexibilidade da nossa infraestrutura de carregamento, mas também por termos ido ao encontro dos elevados requisitos do cliente no que se refere à sustentabilidade. Na nossa fábrica em Portugal, por exemplo, os carregadores são fabricados exclusivamente com eletricidade proveniente de fontes renováveis. Portanto, fornecemos tecnologia produzida de forma sustentável para tornar as cidades mais sustentáveis” disse Jean-Christoph Heyne, responsável por future grids da smart infrastructure, da Siemens.

A Hamburger Hochbahn tem como meta a conversão de toda a sua frota, de cerca de mil autocarros, em veículos livres de emissões e amigos do ambiente até ao final desta década. Paralelamente à aquisição de veículos, está já em curso a conversão da infraestrutura do terminal para que esteja apta a carregar e manter a nova frota.

O terminal de autocarros de Alsterdorf ocupa 45 mil metros quadrados e foi inaugurado em abril de 2019. De acordo com a Siemens, com um total de 240 lugares de estacionamento, este é um dos maiores e mais modernos terminais de autocarros elétricos de toda a Europa, bem como o primeiro na Alemanha projetado exclusivamente para autocarros livres de emissões.

Cada ponto de carregamento tem uma potência 150 kW e alimentará os autocarros durante o tempo de estacionamento. O contrato assinado entre as duas empresas inclui ainda serviços de manutenção durante cinco anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Siemens exporta carregadores elétricos made in Portugal para a Alemanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião