Wall Street termina semana de recordes impulsionado pela energia

Os investidores continuam a apostar na chegada de mais estímulos para fazer face à crise decorrente da pandemia. Ganhos na energia impulsionaram os índices em Wall Street.

Wall Street voltou a atingir recordes, nesta que é a última sessão da semana. O S&P 500 e o Nasdaq registaram máximos, com os investidores a apostar nas cotadas que vão beneficiar do levantamento de restrições. Isto numa altura em que continuam a aguardar que um novo pacote de estímulos seja aprovado.

Os setores financeiro e de energia avançaram com as expectativas de que irão beneficiar de uma economia reaberta, enquanto os “pesos pesados” ​de Wall Street, como a Apple, Tesla e Microsoft, negociaram em “terreno” vermelho na maior parte da sessão.

Depois de ter terem arrancado a sessão em queda, os índices conseguiram inverter a tendência. O industrial Dow Jones avançou 0,09%, para os 31.458,99 pontos, enquanto o financeiro S&P 500 subiu 0,48% para os 3.934,99 pontos. Já o tecnológico Nasdaq somou 0,5% para os 14.095,47 pontos.

Destaque para o setor da energia, nomeadamente a Exxon Mobil, que subiu 1,34% para os 50,52 dólares, e a Occidental Petroleum, que ganhou 1,64% para os 25,39 dólares.

Nota também para a PayPal, que subiu 4,68% para os 298,37 dólares, depois de várias corretoras terem subido o preço alvo da cotada, no seguimento de uma chamada no Investor Day da empresa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street termina semana de recordes impulsionado pela energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião