Há 1.303 novas infeções por Covid-19. Número de mortos é o mais baixo desde 5 de janeiro

Desde o início da pandemia o país soma 787.059 casos e 15.411 óbitos por Covid-19. Esta segunda-feira registaram-se 90 mortos, o menor número diário desde 5 de janeiro.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) identificou 1.303 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 90 mortos com a doença nas últimas 24 horas. De acordo com o boletim epidemiológico, esta é a segunda-feira com menos casos desde 12 de outubro e o menor número diário de mortes desde o início do ano. Desde o início da pandemia o país soma 787.059 casos e 15.411 óbitos por Covid-19.

Atualmente há 102.794 casos ativos, menos 2.325 que no domingo. Os casos ativos têm vindo a diminuir nos últimos 15 dias. Entre os que lutam contra a doença, a maioria está em casa, mas 4.832 pessoas estão ainda hospitalizadas (mais seis que no dia anterior), das quais 784 nos cuidados intensivos (menos 11).

À semelhança dos casos ativos e dos internamentos em UCI, também o número de óbitos tem vindo a diminuir nos últimos dias. As 90 mortes registadas nas últimas 24 horas representam o valor mais baixo desde 5 de janeiro (dia em que também foram registados 90 óbitos) e a primeira vez desde 8 de janeiro que o valor baixou dos três dígitos.

Por outro lado, já 668.854 pessoas recuperaram da doença provocada pelo SARS-CoV-2, mais 3.538 pessoas que no balanço de domingo da DGS.

Boletim de 15 de fevereiro

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região com maior número de contágios e de mortes, tendo registado 779 novos casos e 48 óbitos (cerca de 60% e 53% do total, respetivamente).

No Norte, há mais 288 casos e 18 mortes; no Centro 98 e 15; no Alentejo 70 e três; no Algarve 30 e seis. Na Madeira não foram registados óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas, mas há 38 novos casos. Já os Açores, além de não terem registado óbitos, também não contabilizaram novas infeções.

O boletim epidemiológico dá, por fim, conta de menos 7.881 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, depois de terem contactado com outro caso positivo. No total, estão 131.521 pessoas nesta situação.

Esta segunda-feira começou o 11º estado de emergência, com medidas semelhantes ao anterior, que estará em vigor até 1 de março. No entanto, o Presidente da República e o primeiro-ministro já admitiram que no mês de março os portugueses deverão continuar em confinamento. Apesar dos novos casos, óbitos e internamentos terem vindo a diminuir, os hospitais ainda se encontram sob pressão.

(Notícia atualizada às 15h36)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 1.303 novas infeções por Covid-19. Número de mortos é o mais baixo desde 5 de janeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião