Se nada for feito, “idade da reforma na UE deverá ser de 70 anos”, Dubravka Šuica

  • ECO
  • 16 Fevereiro 2021

Solução pode passar pela "economia grisalha", por diminuir as desigualdades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e aproveitar a imigração para preencher o mercado de trabalho onde há falhas.

Se nada for feito, “a idade média de reforma na União Europeia deverá ser 70 anos”, disse Dubravka Šuica, a primeira vice-presidente da Comissão Europeia (CE) com o pelouro da Democracia e Demografia, em entrevista à Rádio Renascença.

Uma das preocupações da vice-presidente da CE é o envelhecimento da população. Segundo a croata, é necessário ter “um envelhecimento saudável e ativo” onde a saúde e os sistemas de proteção social são as prioridades. “Temos de ver se os nossos Sistemas de Pensões são adequados e sustentáveis; se são ajustados e teremos orçamentos que possam cobrir todas as necessidades sociais”, afirmou.

Considera necessário aumentar a produtividade e a participação no mercado de trabalho, pois viver mais não significa haver mais população ativa, antes pelo contrário. Aumentar a idade da reforma não é o ideal, mas “se os indicadores continuarem assim nos próximos 10 ou 20 anos, então a idade média de reforma na União Europeia devia ser 70 anos (…) é o que mostra o Eurostat”, explicou. Por isso pensa ser fundamental “preencher” o mercado de trabalho europeu.

Primeiro, defende a “economia grisalha”, ou seja, criar “empregos e oportunidades para pessoas mais velhas“. Por outro lado, aposta em atrair mais mulheres para o mercado de trabalho e diminuir a desigualdade entre sexos quer no acesso à formação, como no acesso aos empregos. Outra solução poderá passar por imigrantes para “preencher áreas do mercado de trabalho em que há maiores necessidades de mão-de-obra”. Por fim, relembrou ainda que, no meio disto tudo, é importante “aumentar as oportunidades de trabalho para as pessoas com incapacidade“.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Se nada for feito, “idade da reforma na UE deverá ser de 70 anos”, Dubravka Šuica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião