FdR pode travar provisões para reduzir injeção no Novo Banco

  • ECO
  • 19 Fevereiro 2021

O Fundo de Resolução pode vir a excluir certas provisões e imparidades do cálculo do montante a injetar no Novo Banco, para que fique abaixo dos 476 milhões que chegaram a estar previstos no OE.

O Orçamento do Estado para 2021 previa inicialmente uma injeção de 476 milhões de euros no Novo Banco, valor que foi entretanto retirado. Para que a próxima injeção fique abaixo deste valor, o Fundo de Resolução (FdR) poderá decidir rejeitar determinadas provisões e imparidades da instituição liderada por António Ramalho, avança o Jornal de Negócios (acesso condicionado).

Esta pode ser a solução para que o novo pedido de injeção pelo Novo Banco ao FdR fique abaixo do montante que estava inicialmente previsto. Aliás, o jornal recorda que não seria a primeira vez: no ano passado, o FdR e o banco tiveram de recorrer a um tribunal arbitral para decidir um pedido para alterar a forma como eram registados os efeitos no seu capital e que teria um impacto nas contas de cerca de 200 milhões.

Agora, em causa poderão estar provisões e imparidades que o FdR poderá considerar excessivas ou precipitadas, aponta o Negócios, citando fonte próxima do processo. É o caso das que estão relacionadas com a descontinuação do negócio do Novo Banco em Espanha, numa altura em que António Ramalho tenta a venda da instituição num processo em que há vários interessados, estando o Abanca na frente da corrida.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

FdR pode travar provisões para reduzir injeção no Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião