Desconfinamento britânico começa pelas escolas a 8 de março

Quanto à abertura do chamado comércio não essencial, ainda não foram divulgadas informações que indiquem quando este poderá começar a operar com menos restrições. 

O plano de desconfinamento do Reino Unido, que entrará em curso a 8 de março, começou esta segunda-feira a ser divulgado. Entre as principais prioridades que constam no plano desenvolvido pelo Governo e dado a conhecer por Nadhim Zahawi, ministro britânico do Departamento de Vacinas, encontra-se a reabertura de escolas, passando também, a partir da mesma data, a ser permitida a recriação em espaços públicos entre duas pessoas. Governo britânico espera acabar com todas as restrições em junho.

Assim sendo, todas as escolas localizadas em Inglaterra deverão reabrir já a 8 de março, permitindo-se a ocorrência de todas as atividades e atividades desportivas extracurriculares, desde que realizadas ao ar livre. Na primeira fase deste plano, dado a conhecer através de declarações proferidas à rádio LBC, momentos recreativos em espaço público serão também permitidos entre dois indivíduos – o que dá aos britânicos a possibilidade de se juntarem para beber um café, uma bebida ou até mesmo para realizarem um piquenique. Os residentes em lares poderão, também, passar a receber um visitante.

A partir de 29 de março, serão aliviadas ainda mais medidas, passando a ser permitidos ajuntamentos ao ar livre entre seis pessoas ou membros de dois agregados familiares distintos. Também as instalações desportivas ao ar livre, como é o caso dos campos de ténis e de basquetebol, poderão reabrir e, consequentemente, deverão recomeçar os treinos de desportos organizados para todas as faixas etárias, adianta a BBC.

A segunda etapa chega a 12 de abril, lojas, cabeleireiros, bibliotecas e ginásios vão poder abrir, e bares e restaurantes vão poder servir em esplanadas, e a 17 de maio serão autorizadas cinemas, teatros, salas de teatro e concertos e eventos com até 30 pessoas.

A quarta e última etapa está prevista para 21 de junho, quando o Governo espera remover as restrições de contacto social, permitindo a reabertura de discotecas e grandes eventos públicos, como festivais.

De acordo com Nadhim Zahawi, em declarações à Sky News, este plano de desconfinamento apenas surge neste momento porque o plano de vacinação começa a mostrar evidências do seu sucesso. “Não estaríamos nesta situação de (…) poder dizer que vamos reabrir escolas a 8 de março (…) se não estivéssemos confiantes de que o programa de vacinação está realmente a começar a dar frutos“, referiu, citado pelo The Guardian.

Ainda que a versão final do referido plano de desconfinamento não tenha ainda sido oficialmente apresentado ao país, este deverá ser dado a conhecer em conferência de imprensa a decorrer esta segunda-feira, pelas 19 horas locais. Isto depois de ser apresentado, claro está, no Parlamento britânico.

(Notícia atualizada às 17h23)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Desconfinamento britânico começa pelas escolas a 8 de março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião