Reforço dos transportes públicos pode ocorrer depois da Páscoa

  • ECO
  • 22 Fevereiro 2021

Os 750 mil euros de financiamento alocados à Área Metropolitana do Porto para reforço da oferta de transportes públicos através de autocarros turísticos ficaram por usar, avança o Diário de Notícias.

Um novo reforço dos serviços de transportes públicos com recurso a autocarros turísticos, com o intuito de oferecer de diminuir a lotação dos serviços já existentes e garantir maiores condições de segurança para os utilizadores, pode ser esperado a partir do início de abril, avança o Diário de Notícias (acesso pago).

Por altura do regresso às aulas, em setembro, as referidas áreas metropolitanas tinham já anunciado que iriam recorrer a esse meio de transporte para reforçar a oferta. No entanto, se por um lado a Área Metropolitana de Lisboa diz ter já utilizado os 750 mil euros de financiamento para este fim, o mesmo não aconteceu no Porto, com essa mesma quantia a ter ficado por usar.

A Área Metropolitana do Porto veio, agora, assegurar que “a verba continua disponível para planos de reforço da oferta em função das necessidades da procura que venham a verificar-se após o confinamento”, ou seja, para depois da Páscoa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Reforço dos transportes públicos pode ocorrer depois da Páscoa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião