TTR. Quais as sociedades de advogados que lideraram as principais operações de M&A?

Num ano com um maior número de transações desde 2016 de M&A, Venture Capital, Private Equity e Asset Acquisition de valor acima dos 500 milhões, saiba quais as firmas que se destacaram.

O recente ranking da TTR – Transactional Track Record relativo a 2020 revela quais foram os principais escritórios de advogados e legal advisors, nas principais operações de M&A, Venture Capital, Private Equity e Asset Acquisition. A Morais Leitão e a Vieira de Almeida (VdA) foram algumas das firmas em destaque, num ano que registou o maior número de transações de valor acima dos 500 milhões de euros, desde 2016.

Segundo o relatório da TTR, em 2020 foram realizadas 379 transações que se traduziram num valor total de 17.967 milhões de euros. Das quatro áreas, M&A destacou-se com 214 transações (10.391 milhões de euros), seguida por Asset Acquisition com 80 transações (2.419 milhões de euros), Venture Capital com 56 transações (881 milhões de euros), e Private Equity com 29 transações (4.276 milhões de euros),

A Morais leitão, VdA, Campos Ferreira, Sá Carneiro, Cuatrecasas, Uría Menéndez-Proença de Carvalho e Sérvulo foram algumas das sociedades de advogados que lidaram com operações de milhões de euros em 2020 nas mais diversas áreas.

Entre os negócios que contribuíram para os resultados apresentados está a compra de um portefólio de cerca de 2.000 torres de telecomunicações pela Cellnex Telecom, S.A. à NOS Towering S.A. Este negócio, que ascendeu a 550 milhões de euros, contou com a assessoria da Vieira de Almeida (VdA), do lado da Cellnex Telecom, e da Morais Leitão, do lado da NOS Comunicações.

O fecho da venda de 81,1% da concessionária pelo Grupo José de Mello e a Arcus a um consórcio formado por investidores estrangeiros, foi outra das operações em destaque. Para concretizar a venda ao grupo formado pela APG (gestora de ativos da ABP, o fundo de pensões dos funcionários públicos e do setor da educação dos Países Baixos), o NPS (serviço nacional de pensões da República da Coreia) e a SLAM (gestora de ativos da Swiss Life, a maior seguradora do ramo vida na Suíça), estiveram envolvidas nove sociedades de advogados: VdA, Abreu Advogados, Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados, Morais Leitão e CMS Rui Pena & Arnaut.

O grupo Disa, o quarto maior operador de combustíveis em Espanha, fechou um acordo para a compra da portuguesa Prio, afirmando-se como um dos principais negócios em 2020. Esta aquisição implica que o grupo e a Oxy Capital passa a adquirir a rede de estações de serviço, com 247 postos de venda, o terminal de armazenamento e a fábrica de biodiesel localizadas em Aveiro. Nos bastidores da operação estiveram Duarte Lino Schmidt, sócio da PLMJ, e Catarina Tavares Loureiro, sócia da Uría Menéndez – Proença de Carvalho. A PLMJ envolveu mais de 30 advogados no apoio jurídico e a Uría Menéndez-Proença de Carvalho cerca de 20 advogados.

Veja aqui todos os rankings.

M&A, Private Equity, Venture Capital e Asset Acquisitions

As sociedades em destaque são a Morais Leitão, com um valor de 6.045,40 milhões de euros, seguida pela VdA, com 4.203,25 milhões e a fechar o top 3 a Campos Ferreira, Sá Carneiro com um valor total de 2.794,34 milhões de euros. Também com valores a ultrapassar os 1.000 milhões de euros está a Cuatrecasas (1.451,47 milhões de euros), Uría Menéndez-Proença de Carvalho (1.221 milhões de euros) e a Sérvulo & Associados (1.012,48 milhões de euros).

No que concerne ao número de transações em M&A, Private Equity, Venture Capital e Asset Acquisitions a liderar a tabela ficou a Garrigues, como 27, seguida pela Morais Leitão (25) e Vda (23). No top 5 ficou também a Cuatrecasas e a SRS Advogados com 20 negócios cada.

Já relativamente aos “dealmakers“, advogados que centram a sua prática na área de M&A, Private Equity, Venture Capital e Asset Acquisitions, três sociedades de advogados estão representadas no top 10, face ao valor de transações: Morais Leitão, VdA e Campos Ferreira, Sá Carneiro. Cláudia da Cruz Almeida, sócia da VdA, ocupa o lugar cimeiro da tabela com seis transações que se traduzem em 3.801 milhões de euros.

O advogado que somou um maior número de transações nestas áreas foi Paulo Bandeira, sócio da SRS Advogados, com 16. No top 5 ficou ainda Rodrigo Formigal da Abreu Advogados com 8, Diogo Perestrelo da PLMJ, Mário Lino Dias e Tomás Pessanha da Garrigues com 7 transações cada.

Os “rising star dealmakers” na área de M&A, Private Equity, Venture Capital e Asset Acquisitions pertencem a duas firmas: Morais Leitão e VdA. Diana Ribeiro Duarte, advogada sénior da Morais Leitão, ocupa o primeiro lugar com um valor total de transações em 2020 de 5.367,24 milhões de euros.

Constatando o número de transações, o advogado rising star pertence à SRS Advogados: Solange Fernandes, como 14 transações. No top 5 ficou ainda Luís Roquette Geraldes da Morais Leitão com 11, Francisco Vieira de Almeida da Morais Leitão com 7, Manuel Liberal Jerónimo da Garrigues com 7, e Domingos Freire de Andrade da VdA com 6 transações.

*sem registos em 2019

Private Equity & Venture Capital

Na área de Private Equity e Venture Capital as sociedades em destaque são a Uría Menéndez-Proença de Carvalho, com um valor de 1.221 milhões de euros, a Cuatrecasas, com 1.185,47 milhões de euros, e a Sérvulo & Associados, com 1.011,63 milhões de euros.

*sem registos em 2019

Já relativamente ao número de transações, a SRS Advogados ficou em primeiro lugar, com 16 transações, seguida pela Morais Leitão (12), Abreu Advogados (8), Garrigues (7) e Cuatrecasas (6).

Equity Capital Markets

A Morais Leitão e a VdA foram as duas sociedade referenciadas com as transações de Equity Capital Markets de maior valor, 1.020 milhões de euros. Relativamente ao número de transações, cada um interveio em uma.

*Sem registos em 2019

Já relativamente aos “dealmakers” na área de Equity Capital Markets, duas sociedades de advogados estão representadas: Morais Leitão e VdA. Oito advogados dividem o lugar cimeiro da tabela, tendo em conta tanto o número de transações como o valor das mesmas.

*Sem registos em 2019

Os “rising star dealmakers” na área de Equity Capital Markets pertencem novamente à Morais Leitão e VdA. Os sete advogados destacados participaram em uma transação no valor estimado de 1.020 milhões de euros.

*Sem registos em 2019

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

TTR. Quais as sociedades de advogados que lideraram as principais operações de M&A?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião