Governo vai escolher personalidade independente para acompanhar gestão do PRR

  • ECO
  • 25 Fevereiro 2021

O modelo de gestão do plano vai ser discutido em Conselho de Ministros. Será criada uma comissão de acompanhamento, cujo presidente será uma personalidade independente nomeada por António Costa.

Para seguir o Plano de Recuperação e Resiliência, que define a utilização das verbas europeias de resposta à pandemia de Covid-19, será criada uma Comissão Nacional de Acompanhamento (CNA), presidida “por uma personalidade independente de reconhecido mérito designada pelo primeiro-ministro”, avança o Público (acesso condicionado).

O modelo de gestão do plano vai esta quinta-feira ser discutido em Conselho de Ministros, sendo que se prevê um “modelo de governação ágil, eficaz e transparente dos fundos europeus a atribuir a Portugal para concretizar o seu PRR”. A coordenação técnica do programa caberá à Estrutura de Missão “Recuperar Portugal”.

Quanto à transparência, existirá um portal com a informação sobre apoios a conceder e concedidos, contemplando ainda a avaliação dos resultados. Já a coordenação política fica a cargo do primeiro-ministro, que preside à Comissão Interministerial, onde se encontram também os ministros responsáveis “pelas áreas da economia, da transição digital, da presidência, das finanças, do planeamento, do ambiente e da ação climática”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo vai escolher personalidade independente para acompanhar gestão do PRR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião