Morreram 38 pessoas com Covid-19 e há mais 691 infetados. Internamentos caem para menos de 2.000

Desde o início da pandemia já 805.647 pessoas ficaram infetadas em Portugal. Dessas, 16.389 morreram com a doença. O número de internados está agora abaixo dos 2.000.

O boletim epidemiológico desta terça-feira regista mais 691 infetados com SARS-CoV-2, o que eleva o total de casos em Portugal para 805.647. Trata-se de um aumento de 0,09%. A Direção-Geral da Saúde (DGS) dá também conta de um total de 16.389 óbitos por Covid-19, dos quais 38 nas últimas 24 horas.

No dia que marca um ano desde o início da pandemia em Portugal (2 de março de 2020), o número de recuperados subiu para 723.465, mais 3.230 que no dia anterior. Os casos ativos são agora 65.793, menos 2.577 que na segunda-feira.

Entre os casos ativos, a maioria encontra-se a recuperar em casa, mas 1.997 pessoas estão ainda hospitalizadas (menos 170 que no dia anterior), das quais 446 nos cuidados intensivos (menos 23). O número de internados tem caído, à semelhança do número de novos casos, estando pela primeira vez, em cerca de quatro meses, abaixo dos 2.000.

Boletim de 2 de março

Um ano depois da Covid-19 ter entrado, oficialmente, em Portugal, é a região Norte que conta com o maior número de casos do país (326.544). A região foi logo muito afetada pela pandemia no início, com vários surtos na zona. Lisboa e Vale do Tejo não fica muito atrás (305.027 casos), tendo sido o maior foco do país durante o verão e agora na terceira vaga.

Nas últimas 24 horas Lisboa e Vale do Tejo registou 255 novos casos e o Norte 166. Segue-se a Madeira (140), o Centro (73), o Alentejo (27), os Açores (19) e o Algarve (11).

Por outro lado, a região com maior número de óbitos por Covid-19 desde que morreu a primeira pessoa no país (a 16 de março de 2020) é Lisboa e Vale do Tejo, com 6.864 mortes. Segue-se o Norte com 5.225. Entre as 38 mortes confirmadas no boletim desta terça-feira, 18 foram em Lisboa, 10 no Norte, sete no Centro, duas no Algarve e uma no Alentejo. Nas regiões autónomas não foram registadas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas.

A DGS dá, por fim, conta de menos 4.368 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, depois de terem contactado com outro caso positivo. No total, estão 36.859 pessoas nesta situação.

Esta terça-feira inicia-se o 12º estado de emergência que estará em vigor até 16 de março. Os portugueses deverão continuar confinados pelos próximos 15 dias, mantendo-se em vigor a generalidade das medidas que já vigoraram nas últimas duas quinzenas.

(Notícia atualizada às 14h33)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreram 38 pessoas com Covid-19 e há mais 691 infetados. Internamentos caem para menos de 2.000

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião