Sucesso do aumento de capital reflete “confiança e vontade em acompanhar a EDP”

Miguel Stilwell diz que sucesso do aumento de capital traduz a "confiança e vontade" dos investidores em "acompanharem a EDP neste percurso" de transformação do negócio para as renováveis.

A EDP Renováveis concluiu com sucesso o aumento de capital de 1,5 mil milhões de euros. Foi uma operação realizada num curto espaço de tempo, o que, diz Miguel Stilwell, traduz a “confiança e vontade” dos investidores em “acompanharem a EDP neste percurso” de transformação do negócio para as renováveis.

“Esta operação foi um excelente indicador de feedback face ao plano que apresentámos há dias“, diz Stilwell em declarações enviadas ao ECO. A EDP revelou, na semana passada, o seu Strategic Update, que contempla um plano de investimentos de cerca de 24 mil milhões em transição energética, sendo que a EDP Renováveis tem um plano de investimentos de cerca de 19 mil milhões para implementar cerca de 20 GW de renováveis até 2025.

Para financiar estes investimentos, o CEO anunciou na semana passada que iria avançar com um aumento de capital até dois mil milhões de euros. Esta terça-feira, a operação avançou, com os bancos de investimento a abrirem o livro de ordens. Rapidamente foram preenchidos, assegurando 1,5 mil milhões à empresa. “Há confiança e vontade em acompanhar a EDP neste percurso”, diz Stilwell, à luz dos resultados da operação.

Cada um dos 88.250.000 novos títulos foi vendido a 17 euros, valor que representou um desconto de 9,3% face à cotação da EDP Renováveis antes do anúncio de uma operação que foi circunscrita a grandes investidores. Em resultado, na bolsa de Lisboa, os títulos da empresa de energias verdes afundaram, ajustando ao valor do aumento de capital. Chegaram a cair mais de 10%.

“Espera-se que os investidores recebam a sua alocação de ações EDP Renováveis aproximadamente no dia 5 de março de 2021. Os investidores terão todos os direitos económicos e direitos de voto inerentes a essas ações a partir dessa data”, diz a empresa no comunicado enviado à CMVM. A EDP, por seu lado, reduziu a posição na EDP Renováveis para 75,1%.

(Notícia atualizada às 13h13 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sucesso do aumento de capital reflete “confiança e vontade em acompanhar a EDP”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião