Energia e Nos dão gás a Lisboa. PSI-20 sobe mais de 2%

Os ganhos expressivos da Nos, de quase 6%, bem como do grupo EDP, impulsionaram o desempenho do índice de referência nacional, em dia de ganhos ligeiros na Europa.

A bolsa nacional valorizou mais de 2%, naquela que foi já a quinta sessão consecutiva de ganhos. O dia foi marcado por subidas expressivas no índice de referência nacional, nomeadamente da Nos e do grupo EDP, que seguiu assim a tendência positiva sentida na generalidade das praças do Velho Continente.

O PSI-20 avançou 2,31% para os 4.873,31 pontos. Entre as 18 cotadas do índice de referência nacional, a grande maioria registou valorizações, enquanto uma — a Semapa — permaneceu inalterada e duas fecharam abaixo da “linha d’água”.

Nos ganhos, destaque para a Nos, que avançou 5,85% para os 3,006 euros depois de ter apresentado resultados. A Nos viu os lucros caírem quase 36% em 2020, para 92 milhões de euros, mas a administração liderada por Miguel Almeida decidiu manter o dividendo em 27,8 cêntimos por ação. Em 2019, a Nos tinha registado lucros de 143,5 milhões de euros, uma subida de mais de 4% face ao ano anterior, tendo distribuído a totalidade aos acionistas.

Nos avança quase 6%

O setor da energia contribuiu também para o desempenho do índice de referência. A EDP Renováveis subiu 4,96% para os 18,20 euros, enquanto a casa-mãe EDP ganhou 3,99% para os 4,903 euros. Já a Galp Energia somou 1,57% para os 4,903 euros, em dia de ganhos na cotação do petróleo.

Nota ainda para os CTT, cujos títulos avançaram 7,28% para os 2,725 euros, e para a Sonae, que valorizou 2,11% para os 0,7005 euros nesta sessão. Por outro lado, nas quedas, encontra-se a Jerónimo Martins, que perdeu 0,48% para os 13,455 euros.

Pela Europa, o dia foi de ganhos ligeiros, com o índice de referência Stoxx 600 a registar uma subida de 0,5%. Entre as principais praças, o alemão DAX somou 0,3%, o francês CAC-40 e o espanhol IBEX-35 subiram 0,7% e o britânico FTSE 100 somou 0,1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Energia e Nos dão gás a Lisboa. PSI-20 sobe mais de 2%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião