Mais de metade dos portugueses saiu à rua no dia 1 do desconfinamento

  • ECO
  • 16 Março 2021

Os números da consultora PSE mostram que a mobilidade registou um "aumento paulatino" nas últimas semanas, tendo regressado ao nível de janeiro quando as escolas ainda estavam abertas.

No primeiro dia do desconfinamento, mais de metade dos portugueses saiu à rua. De acordo com dados da consultora PSE, esta segunda-feira “apenas 40,6% dos portugueses não saiu de casa”, dos quais 20% a 25% correspondem a população que não sai de casa, o que já acontecia antes da pandemia.

O Índice de Mobilidade da PSE “é um indicador em que a base 100 corresponde à mobilidade na situação pré-covid”. Os dados desta segunda-feira, 15 de março, apontam para 84%, ou seja, uma mobilidade “apenas 16 pontos percentuais inferior à mobilidade anterior à pandemia”. Este valor fica acima dos 78% registados a 18 de janeiro quando o país já estava no segundo confinamento, mas com as escolas ainda abertas.

O grau de confinamento intensificou-se logo após o fecho das escolas, depois recuperou e estabilizou. Porém, desde o início de março que tem vindo a reduzir-se significativamente. Os números da consultora PSE indicam que a mobilidade tem aumentado gradualmente, atingindo esta segunda-feira, 15 de março, um valor superior ao registo no dia 18 de janeiro, dia em que as escolas ainda estavam abertas. A consultora diz que se nota um “aumento paulatino” no Índice de Mobilidade desde o início de março.

 

 

“Se analisarmos a série do Índice de Mobilidade apenas às segundas-feiras, nos últimos dois meses, concluímos que houve um desconfinamento gradual, que se nota no aumento paulatino do Índice de Mobilidade PSE, nas últimas três semanas”, descreve a consultora num comunicado enviado às redações.

Como mostra o gráfico, o valor mais baixo do índice de mobilidade foi registado logo após o fecho das escolas, tendo recuperado e estabilizado nas semanas seguintes. Contudo, a melhoria dos números da pandemia e agora, com o plano de desconfinamento, a mobilidade voltou a subir para níveis pré-confinamento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de metade dos portugueses saiu à rua no dia 1 do desconfinamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião