Reestruturação acabou. Novo Banco vai dar lucros a partir deste primeiro trimestre, garante Ramalho

António Ramalho desabafa sobre os prejuízos volumosos dos últimos anos. "Tudo tinha de ter um fim", diz o gestor, assegurando que o Novo Banco começa a dar lucro já a partir deste trimestre.

A reestruturação do Novo Banco acabou em 2020, depois de milhões e milhões de euros de prejuízos. Agora, o banco vai começar a dar lucro. E já a partir do primeiro trimestre de 2021, assegurou António Ramalho esta sexta-feira.

“Tudo tinha de ter um fim”, desabafou o gestor após o banco ter acumulado os prejuízos volumosos nos últimos anos. “Depois do fim do período de reestruturação, iniciar-se-á um período de resultados positivos desde o primeiro trimestre“, anunciou na conferência de resultados anuais, em que apresentou prejuízos de 1.330 milhões de euros em 2020.

Ramalho disse já ter uma estimativa dos resultados do trimestre que termina dentro de dias e isso sustenta a sua afirmação. “Não levem isso como ato de coragem meu, mas a um ato de realismo“, sublinhou.

António Ramalho referiu que, “apesar de ser um ano desafiante, 2021 será um ano em que o banco vê no crescimento e rentabilidade a sua razão de existir”. E aproveitou para lembrar: “É bom recordar que todo este processo far-se-á no cumprimento do acordo de capitalização de 2017“.

O Novo Banco, detido em 75% pelo Lone Star e 25% pelo Fundo de Resolução disse esta sexta-feira que vai pedir mais 598 milhões de euros ao Fundo de Resolução. Tudo somado, os pedidos ao fundo da banca ascendem a 3,57 mil milhões de euros que ajudaram a “limpar” o balanço do banco dos ativos tóxicos herdados do BES.

O CEO do banco explicou é essa limpeza e o facto do legado do BES deixar de pesar a partir de agora que deixam antever resultados positivos de forma “continuada”. “Seria até estranho que o banco não se tornasse rentável em 2021″.

(Notícia atualizada às 18h44)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Reestruturação acabou. Novo Banco vai dar lucros a partir deste primeiro trimestre, garante Ramalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião