Veolia fecha compra da Suez e cria gigante europeu dos resíduos. Ações disparam 8%

  • ECO
  • 12 Abril 2021

Veolia acordou oferecer um preço mais alto e “compromissos sociais” para os funcionários da concessionária. O negócio dá à Suez cerca de 13 mil milhões de euros e batalha de aquisição fica encerrada.

A Veolia Environnement vai comprar a rival Suez, encerrando uma contenda sobre a aquisição que dura há meses, noticia a Bloomberg. Depois forte resistência por parte da Suez, a Veolia desbloqueou o negócio ao concordar em revender parte da concorrente francesa para cumprir as regras de concorrência. Subiu o preço e ofereceu também benefícios aos funcionários da concessionária.

A Veolia vai pagar 20,50 euros por ação pelos cerca de 70% da Suez que ainda não detém, de acordo com um comunicado divulgado esta segunda-feira. A participação inicial foi comprada, ainda em 2020 à Engie, por 18 euros a ação. O negócio avalia a Suez num valor de mercado de cerca de 13 mil milhões de euros, disse o presidente executivo da Veolia, Antoine Frerot, citado pela Bloomberg.

Em reação ao comunicado, a Veolia dispara 8,7% para 24,55 euros por ação na bolsa de Paris, enquanto a Suez ganha 8% para 19,85 euros. A transação vai criar um gigante global dos resíduos e gestão de água, com receitas anuais de cerca de 37 mil milhões de euros.

“Tendo em conta que conseguiremos a maior parte dos ativos que realmente queríamos para o nosso projeto, este negócio vai criar valor para os acionistas da Suez”, disse Frerot, citado no comunicado. Como parte do negócio, os fundos de investimento franceses Meridiam e Ardian e os norte-americanos da Global Infrastructure Partners terão a possibilidade de comprar ativos da Suez com capacidade de gerar 6,9 mil milhões de euros em receitas.

Além dos acordos com acionistas e investidores relativos aos ativos, há também uma salvaguarda relativa aos trabalhadores. “É um acordo benéfico para todos. Garante o futuro a longo prazo da Suez em França de uma forma que preserva a concorrência e garante empregos”, acrescentou. O acordo será assinado pelas duas partes a 14 de maio, mas ainda é necessária aprovação regulatória das autoridades de concorrência de vários países.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Veolia fecha compra da Suez e cria gigante europeu dos resíduos. Ações disparam 8%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião