Fábrica de Startups e Turismo de Portugal lançam novo programa de inovação aberta

O objetivo do programa organizado pela Fábrica de Startups e pelo Turismo de Portugal é contribuir para a inovação do setor, colocando as empresas em contacto com startups inovadoras.

Tourism adVenture é o nome do mais recente programa, organizado pela Fábrica de Startups e pelo Turismo de Portugal. O objetivo contribuir para a inovação do setor do turismo, colocando as empresas do setor em contacto com startups para dar resposta e criar soluções para os desafios das empresas.

“Programas como o Tourism adVenture são cruciais, no momento em que vivemos”, diz o fundador e CEO da Fábrica de Startups, António Lucena de Faria, citado em comunicado. “O turismo continua a ser uma indústria absolutamente fundamental para o futuro do nosso país e, por isso, precisamos de novos negócios, de novos empreendedores, que, em conjunto com o tecido empresarial deste setor, desenvolvam novas experiências para os turistas”, continua.

Com candidaturas abertas até 1 de maio, o programa é dirigido a todas as startups de turismo e de outras áreas que tenham uma solução que possa ser aplicada a este setor e que dê resposta a, pelo menos, um dos desafios propostos no programa.

O Tourism adVenture está dividido em três principais momentos: o primeiro é um workshop de matchmaking, que assegura que a solução proposta pela startup vai ao encontro daquilo que é o desafio real da empresa, o segundo é um conjunto de seis bootcamps de validação da solução face à realidade dos clientes da empresa parceira e, por último, um “demo day”, onde as startups apresentam as suas soluções às empresas parceiras. Neste dia, as empresas parceiras poderão, ainda, selecionar as startups com as quais têm interesse em desenvolver um piloto. Cada startup selecionada receberá um incentivo de 5.000 euros, para o desenvolvimento desse mesmo piloto.

"O Turismo continua a ser uma indústria absolutamente fundamental para o futuro do nosso país e, por isso, precisamos de novos negócios, de novos empreendedores, que, em conjunto com o tecido empresarial deste setor, desenvolvam novas experiências para os turistas.”

António Lucena de Faria

Fundador e CEO da Fábrica de Startups

De acordo com a Fábrica de Startups, o programa vai decorrer em formato 100% digital e os participantes vão poder contar com “feedback sobre o potencial dos seus produtos e serviços”, “validação em ambiente real”, “acesso a novos mercados”, “acesso a mentores especialistas no setor”, “oportunidade de fazer scale-up”, entre outros benefícios.

“Os programas de inovação aberta aceleram a adoção da inovação, permitindo aos empreendedores aplicar e adaptar as soluções ao mercado, enquanto as empresas têm a oportunidade de testar soluções para otimizar as operações de negócio, seja na gestão ou na comercialização”, diz Sérgio Guerreiro, diretor coordenador da direção de gestão do conhecimento do Turismo de Portugal. “Todos ganham. As startups testam em ambiente real e as empresas reforçam a sua rentabilidade e competitividade, introduzindo inovação nos seus processos”, remata.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fábrica de Startups e Turismo de Portugal lançam novo programa de inovação aberta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião