Portugal Ventures reforça portfólio com 43 startups e 6,6 milhões de investimento

  • Lusa
  • 8 Abril 2021

A sociedade de capital de risco Portugal Ventures reforçou o portfólio com mais 43 startups, o que corresponde a um investimento total de 6,6 milhões de euros.

A sociedade de capital de risco Portugal Ventures reforçou o seu portfólio com mais 43 startups, o que corresponde a um investimento total de 6,6 milhões de euros, foi anunciado.

“A Portugal Ventures orgulha-se de anunciar a entrada de mais 43 novas startups [empresas com rápido potencial de crescimento económico] no seu portefólio”, indicou, em comunicado, a sociedade que integra o Grupo Banco Português de Fomento.

A Call INNOV-ID, lançada em maio de 2020, que recebeu 117 candidaturas, permitiu investir em 40 empresas em fase pre-seed, cujas soluções “se destacam pelo seu impacto na descarbonização e circularidade da economia, na sustentabilidade e simplificação de processos e na eficiência energética”. Em causa está um investimento de quatro milhões de euros.

Segundo a Portugal Ventures, em ‘pipeline’ para investimento no final de 2020 estavam mais três investimentos, também em fase seed, dois projetos resultantes da Cal Tourism e um da operação Follow-ons-cleanwatts. Estes investimentos correspondem a 2,6 milhões de euros.

No total, as 43 operações equivalem a 6,6 milhões de euros de investimento.

“A entrada destas 43 novas startups no portefólio reflete o esforço de investimento feito em 2020, com vista a apoiar, num contexto adverso de pandemia, empresas com grande potencial de crescimento internacional, muitas delas com soluções assentes em I&D e com impacto real em setores estruturantes para a economia portuguesa, como a saúde, a biotecnologia, as tecnologias de informação, o turismo e a energia”, apontou, citado em comunicado, o vice-presidente da Portugal Ventures, Rui Ferreira.

No âmbito da sua atividade regular, a sociedade investiu na Hostels Hub para intensificar o seu investimento na Península Ibérica, na Cleanwatts, que desenvolve plataformas digitais para acelerar a descarbonização da energia, e na Merytu, que criou uma aplicação de recursos humanos para o setor hoteleiro e restauração.

Por sua vez, entre os novos investimentos “CALL INNOV ID” encontram-se a Ablute, About Aqua Food, Aqva More, Bandora, Beeyard, BestHealth4U, Bioworld, Ccrave, Clever-Volume, CORe Protein, Corium Biotech, Cosmos Pic, Eptune Engineering, FastCompChem, Flowco, IhCare, Insignals Neurotec, Klugit Energy, Landratech, Neroes, Neural Solar, Nu-Rise, Rubynanomed, Scemai, SCIVEN DESE, Smart Monitoring, Something in Hands, S&DG – Storage and Distribution Generation e SkyPowerLines.

Integram ainda estes investimentos a Swatter, Tesselo, Theia, United Boutiques, UZME Everywhere®, Water Wise System™, Wall-i, We Can Charge, Wisify, Wysensing e a YesYesYes.

A Portugal Ventures inicia o ano com um portfólio de 43 empresas na área digital, 49 em engenharia e indústria, 20 com soluções na área das ciências da vida e 26 no turismo. Desde 2012, a sociedade já investiu 164 milhões de euros em 147 novas empresas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal Ventures reforça portfólio com 43 startups e 6,6 milhões de investimento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião