Galp sobe 4% põe Lisboa a ganhar após três sessões em baixa

Com barril de petróleo a disparar em Londres, as ações da Galp avançaram mais de 4% e deram os primeiros ganhos à bolsa de Lisboa após três sessões em baixa.

Depois de três sessões em baixa, a bolsa de Lisboa fechou novamente com ganhos e voltou a negociar acima dos 5.000 pontos. O PSI-20, o principal índice português, avançou esta quarta-feira 0,66% para 5.029,71 pontos, com dez ações em terreno positivo.

A Galp foi a estrela da sessão ao disparar 4,49% para 9,978 euros, num dia em que o contrato de Brent está a ganhar mais de 4% para 66,24 dólares por barril, o valor mais elevado do último mês.

Galp dispara

Ainda no setor de energia, a EDP Renováveis somou 2,2% para 19,51 euros, enquanto a EDP perdeu 0,51% para 6,28 euros

O BCP foi outro dos pesos pesados da praça portuguesa a encerrar o dia com ganhos: os títulos do banco valorizaram 0,41% para 0,1215 euros.

Entre as oito cotadas que encerraram com sinal menos, a Jerónimo Martins recuou 0,32% para 14,21 euros, enquanto o pior desempenho pertenceu à Pharol, que caiu 1,22%. A Semapa desvalorizou 0,66% para 12,06 euros, 11 cêntimos abaixo do preço da oferta pública de aquisição lançada pela Sodim.

Lá por fora, o índice Stoxx 600 fechou em alta de cerca de 0,2%. Os principais índices de Paris e Madrid registaram ganhos mais altos, entre 0,5% e 0,8%. O Dax-30 alemão avançou 0,1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp sobe 4% põe Lisboa a ganhar após três sessões em baixa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião