Desconfinamento pós-Páscoa puxa pela economia

A nova fase de desconfinamento que reabriu as esplanadas puxou pela economia em Portugal, confirma o indicador diário de atividade económica do Banco de Portugal.

A atividade económica em Portugal melhorou na semana depois da Páscoa, marcada pela reabertura das esplanadas de cafés e restaurantes. “Na semana terminada a 11 de abril, o indicador diário de atividade económica apresentou uma variação homóloga superior à da semana anterior”, destacou o Banco de Portugal (BdP), em comunicado.

O indicador diário de atividade económica (DEI) é publicado todas as quintas-feiras pelo BdP, sendo calculado a partir de séries de informação como a do tráfego de pesados de mercadorias nas autoestradas nacionais e os pagamentos com cartão. Os dados dizem sempre respeito até ao domingo anterior.

Indicador diário de atividade económica:

Fonte: Banco de Portugal

É necessária alguma cautela na análise do “salto” observado no gráfico. As leituras do DEI são feitas tendo como base uma comparação com o período homólogo. Ou seja, a subida é a comparação com o primeiro confinamento provocado pela pandemia, recorda o BdP.

“A evolução recente do DEI encontra-se fortemente influenciada por efeitos base decorrentes dos eventos verificados durante 2020, o que afeta de forma significativa a evolução homóloga da atividade em 2021″, nota a entidade liderada por Mário Centeno.

Por isso, nas últimas semanas, o BdP tem publicado também uma comparação com o mesmo período dois anos antes. “Uma forma der mitigar a influência destes efeitos base é através do recurso a uma taxa bienal, o que corresponde a acumular a variação, em dias homólogos, para um período de dois anos. Assim, obtém-se a variação da atividade entre um determinado dia num ano face ao mesmo dia dois anos antes”, aponta. Nessa análise, “a taxa bienal […] reduziu-se no mesmo período”.

Indicador diário de atividade económica (bienal):

Fonte: Banco de Portugal

(Notícia atualizada pela última vez às 12h19)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Desconfinamento pós-Páscoa puxa pela economia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião