BPI adia para outubro pagamento de dividendos ao CaixaBank

Perante as circunstâncias atuais o Banco BPI e o CaixaBank decidiram suspender o pagamento do referido dividendo, o qual apenas terá lugar em outubro de 2021.

O BPI já tinha anunciado que iria avançar, este ano, com o pagamento de dividendos. Destinou 13 milhões de euros para remunerar o seu acionista, o CaixaBank, mas agora revelou que só vai pagar esse valor em outubro.

Em comunicado enviado à CMVM, o BPI “informa que o seu acionista único” aprovou a “proposta apresentada pelo Conselho de Administração do Banco BPI para a distribuição de dividendos, referentes aos resultados de 2020, no montante de 13.173.230,32 euros“.

No entanto, “perante as circunstâncias atuais o Banco BPI e o CaixaBank decidiram suspender o pagamento do referido dividendo, o qual apenas terá lugar em outubro de 2021“.

O BPI tinha apontado para setembro a entrega destes dividendos. “O conselho de administração já aprovou a proposta de distribuição de 15% do resultado líquido, que serão liquidados em setembro de 2021”, disse João Oliveira e Costa aquando da apresentação das contas de 2020, ano em que lucrou 84 milhões de euros. Agora, o momento do pagamento é diferido para outubro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BPI adia para outubro pagamento de dividendos ao CaixaBank

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião