Há mais 649 casos e cinco mortes por Covid-19

Boletim da DGS revela que morreram mais cinco pessoas com Covid-19. Os novos casos de infeção voltaram a aumentar, mas a pressão sobre o SNS continua a aliviar.

A Direção Geral de Saúde (DGS) revela que morreram mais cinco pessoas nas últimas 24 horas, tendo sido confirmados um total de 649 novos casos de infeção. O total de casos ativos em Portugal voltou a baixar, assim como o número de internamentos, ainda que os em UCI tenham aumentado.

Com mais cinco mortes, o total de vítimas desde que a pandemia do novo coronavírus chegou a Portugal aumentou para 16.942, isto no dia em que a nível mundial se superou a fasquia dos três milhões de mortos.

Nos novos casos, os 649 registados nas últimas 24 horas marcam um aumento face aos últimos dias, sendo a região Norte responsável pela maioria destes novos casos (258). Lisboa e Vale do Tejo contabiliza 198 novas infeções.

No total, Portugal registou até ao momento 830.560 infeções, com 788.274 já recuperados, levando a que o total de casos ativos seja, atualmente, de 25.344.

A maioria dos casos de infeção está em casa, a recuperar da doença. Há mesmo menos pessoas internadas por causa da Covid-19: os internamentos encolheram em 14, para 415, havendo ainda 103 pessoas em UCI. Neste caso, há mais duas pessoas a necessitarem de cuidados hospitalares críticos.

(Notícia atualizada às 14h43 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há mais 649 casos e cinco mortes por Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião