Insurtech Omocom fornece seguro para recondicionados Apple da Forall Phones

  • ECO Seguros
  • 18 Abril 2021

A Omocom é sueca e dedicada à economia circular e a Forall Phones partilha o mesmo paradigma: vende recondicionados da Apple. Associaram-se através do seguro.

Em parceria com a WR Berkley Insurance AG, que em Portugal está autorizada a operar no mercado segurador em regime LPS (W.R. Berkley Europe AG), a insurtech escandinava lançou em Portugal a sua oferta de seguros para dispositivos eletrónicos (smartphones e outro equipamento) recondicionados, comercializados no retalho. O lançamento da oferta da Omocom acontece em associação com a Forall Phones, marca da empresa bracarense Blue4All, e que é referência no retalho de telemóveis seminovos da marca Apple (recondicionados).

A solução funciona “como um seguro contra todos os riscos, válido por 12 meses a partir da data de compra, com opção de prolongamento por mais um ano”. O seguro “é opcional e será disponibilizado a todos os clientes Forall Phones, tanto através da loja online como na rede de lojas físicas”, refere a tecnológica.

A associação Omocom-Forall Phones serve a economia circular “em todos os sentidos”, afirma a insurtech escandinava. Todo o processo de ativação do seguro é tratado pela Omocom “e, quando houver a necessidade de reparação ou substituição de um equipamento, a Forall Phones será o parceiro principal atribuindo ainda maior sentido ao conceito de economia circular”.

“Estamos muito satisfeitos por integrar a nossa solução inovadora de seguros on-demand para equipamentos eletrónicos recondicionados, tanto na loja online da Forall Phones como em toda a sua rede nacional de lojas físicas. É um par perfeito no mundo da tecnologia, uma vez que ambas as empresas estão perfeitamente alinhadas em apoiar e praticar valores de sustentabilidade, que permitem manter produtos seminovos em circulação”, afirmou Damian Roach, Regional Manager Southern Europe da Omocom.

Considerando que “todos os anos são produzidos 50 milhões de toneladas de desperdício eletrónico – tanto Portugal como o próprio Planeta agradecem às empresas como a Forall, que com o recondicionamento, ajudam ativamente a reduzir o e-waste, e que conta agora com o apoio da Omocom na oferta de seguros que protegem estes dispositivos como bem merecem”, reforçou Roach.

“A preocupação ambiental
com o crescente aumento do desperdício eletrónico e com as desigualdades no acesso à tecnologia de ponta foi o principal fator motivador para que em 2016 quiséssemos mudar as regras do jogo e criar a primeira marca Portuguesa focada na venda de equipamentos recondicionados”, explicou Ricardo Jorge, Head of Marketing da Forall Phones.

A economia circular, servindo a sustentabilidade por via da responsabilidade social e ambiental, está a consolidar-se como um novo paradigma no consumo, reduzindo o peso futuro, não só dos custos resultantes da da escassez de recursos, mas também a fatura dos riscos tomados por parte do setor do seguro e resseguro. No seguro tradicional, as coberturas são desenhadas baseando-se na ideia de propriedade, enquanto no contexto da também designada economia de subscrição e serviços partilhados, o seguro on-demand é ativado apenas quando os serviços (e bens) são usados, sustenta a startup escandinava.

“O que verdadeiramente nos fez triunfar foi a qualidade dos nossos produtos e a relação próxima com os nossos clientes, a nossa Forall Family. O nosso objetivo sempre foi oferecer-lhes a melhor experiência possível, mesmo quando se tratam de produtos mais baratos, e consciencializá-los acerca da mudança positiva que podem e já estão a criar para o ambiente. É por isso que esta parceria faz todo o sentido – estamos a oferecer à nossa Família Forall a possibilidade de proteger os seus dispositivos ao mesmo tempo que eles protegem o planeta”, complementou Ricardo Jorge.

Em maio do ano passado, a Omocom, posicionada como fornecedora de micro seguro on-demand para a economia circular, levantou 3,7 milhões de euros numa ronda de financiamento coliderada pela Inventure e a Mustard Seed MAZE, o fundo que em Portugal apoia projetos de impacto social. A angariação da Omocom teve ainda as contribuições do Alma Mundi Insurtech Fund, da Luminar e outros angels.

A insurtech sueca nasceu em 2017, através de empreendedores do meio universitário sueco. Cofundada por Emanuel Badehi Kullander e Ola Lowden (atual CEO), o lançamento da empresa aconteceu em 2018. Quando concluiu a ronda em maio do ano passado, a Omocom já contava 15 mil clientes. O financiamento obtido foi anunciado para ser aplicado em desenvolvimento de produto, diversificar verticais e expandir para fora do mercado nórdico.

A Omocom Insurance está registada na Suécia como mediadora de seguros (a WR Berkley é a parceria tomadora de risco). Tendo expandido para Alemanha e Espanha, a sua chegada a Portugal foi anunciada em outubro do ano passado como associada da Câmara de Comércio luso-sueca.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Insurtech Omocom fornece seguro para recondicionados Apple da Forall Phones

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião