“Três grandes” nacionais estão contra a Superliga Europeia

  • ECO e Lusa
  • 19 Abril 2021

Porto diz que foi contactado, mas rejeitou o convite para entrar na Superliga. Sporting e Benfica também estão contra a nova liga milionária criada por 12 clubes europeus.

AC Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, FC Barcelona, Inter Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham “uniram-se na qualidade de clubes fundadores” da Superliga, que pretende rivalizar com a Liga dos Campeões. Esta nova competição surge em oposição à UEFA, às federações nacionais e a vários outros emblemas, entre eles os “três grandes” do futebol nacional.

Superliga “é contra os princípios e regras da UE e da UEFA, diz o FCP

O FC Porto revela que recebeu contactos informais para integrar a Superliga Europeia, mas rejeitou o convite. “Tivemos contactos informais, mas não demos grande atenção. Em primeiro lugar, porque a União Europeia não permite que haja provas em circuito fechado como há nos Estados Unidos, por exemplo. Em segundo lugar, estando a nossa Federação contra isso e fazendo ela parte da UEFA, nós, enquadrados nesse quadro, não podemos estar a participar numa coisa que é contra os princípios e regras da UE e da UEFA“, explicou o presidente do FC Porto em conferência de imprensa.

Se a Superliga Europeia “for para a frente, o que eu ponho muitas dúvidas, a UEFA vai continuar a ter provas e essas é que serão as provas oficiais. Não estamos preocupados em estar ou não estar [na Superliga]. Estamos na Champions e esperamos estar muitos anos”, acrescentou.

Sporting opõe-se à Superliga por ser contrária aos princípios de mérito

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, assumiu-se contra a Superliga europeia de futebol, por ser contrária aos princípios de mérito que devem existir na modalidade.

“Com a informação recolhida até ao momento, esta Superliga vai contra todos os princípios democráticos e de mérito que devem imperar no futebol”, afirmou Frederico Varandas, em resposta à agência Lusa.

Benfica contra a Superliga

O Benfica mantém-se contra a criação de uma Superliga europeia de futebol. Questionada pela Lusa, a mesma fonte recordou a posição defendida pelo clube, em novembro de 2020, pelo administrador da SAD Domingos Soares de Oliveira, em entrevista ao portal “Off the Pitch”, reconhecendo que um convite para a integração seria difícil de recusar.

“A minha opinião é contrária, mesmo que o Benfica fosse um dos clubes representados na SuperLiga europeia. Se acontecer [o convite] quase nem é preciso pensar, mas preferia que não acontecesse”, disse, na altura, Domingos Soares de Oliveira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Três grandes” nacionais estão contra a Superliga Europeia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião