Mercadona faturou 186 milhões em Portugal em 2020 e comprou o dobro a fornecedores

  • Lusa
  • 20 Abril 2021

O presidente da empresa, Juan Roig sublinhou que Mercadona fez 369 milhões de euros de compras em Portugal, o dobro daquilo que faturou (186 milhões) no país.

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, faturou 186 milhões de euros em 2020 nas 20 lojas que tem em Portugal, tendo gasto quase o dobro, 369 milhões de euros, a comprar produtos a fornecedores portugueses.

Na apresentação dos resultados feita esta terça-feira em Valência, o presidente da empresa, Juan Roig, traçou como objetivo para os próximos anos em Portugal a abertura de “cerca de 10 supermercados por ano”, estando previstos nove até ao final do corrente ano.

A cadeia de supermercados deverá abrir a sua primeira loja em Lisboa daqui a dois anos, em 2023, tendo terminado 2020 com 20 supermercados instalados no norte do país.

Juan Roig revelou que a Mercadona já assinou o contrato para abrir um bloco logístico em 2023 em Almeirim, a 60 quilómetros (km) de Lisboa, e apenas aguarda pelas autorizações das entidades oficiais para iniciar a sua construção.

A cadeia de supermercados teve lucros de 727 milhões de euros em 2020, um aumento de 16,7% em relação a 2019, com as vendas a subirem 5,6%, para 26.932 milhões de euros, dos quais 186 milhões em Portugal.

Juan Roig sublinhou que Mercadona fez 369 milhões de euros de compras em Portugal, o dobro daquilo que faturou (186 milhões) no país.

A Mercadona terminou o ano consolidando a sua posição como a empresa com mais empregados em Espanha, muito à frente do El Corte Inglés, tendo alcançado os 95.000 trabalhadores (93.300 em Espanha e 1.700 em Portugal).

A empresa com sede em Valência tem 1.621 lojas em Espanha e 20 em Portugal e realizou durante o ano passado investimentos de 1.387 milhões de euros em Espanha e 113 milhões em Portugal.

O presidente da Mercadona revelou que a faturação média em cada um dos supermercados que tem em Portugal é 10% superior à faturação média realizada em Espanha.

A empresa indicou que vai continuar a impulsionar o seu plano de transformação 2018-2023 e, para isso, tem previsto investir 1.500 milhões de euros em 2021 (150 milhões de euros em Portugal), que destinará, principalmente, à abertura de 97 novos supermercados, 88 em Espanha e nove em Portugal.

Entre outras coisas, vai ainda remodelar 88 supermercados e implantar uma nova secção de “pronto a comer” em outros 200 supermercados.

A Mercadona conta criar “mais de 1.600 postos de trabalho estáveis e de qualidade” em 2021, 500 deles em Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mercadona faturou 186 milhões em Portugal em 2020 e comprou o dobro a fornecedores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião