Turquia é o principal destino dos resíduos da União Europeia

Para a Turquia foram exportados quase cinco vezes mais toneladas de resíduos do que para a Índia, o segundo maior destino. Exportação de resíduos em 2020 foi 75% superior a 2004.

A Turquia é o principal destino dos resíduos da União Europeia (UE), tendo sido exportados, em 2020, cerca de 13,7 milhões de toneladas, segundo os dados do Eurostat. As exportações de resíduos da UE para países terceiros atingiram 32,7 milhões de toneladas no ano passado, aproximadamente mais 75% que em 2004.

Para a Turquia foram exportados quase cinco vezes mais toneladas de resíduos do que para a Índia, o segundo maior destino, para onde foram vendidos, em 2020, quase 2,9 milhões de toneladas de resíduos da UE. Segue-se o Reino Unido (1,8 milhões de toneladas), Suíça (1,6 milhões), Noruega (1,5 milhões), Indonésia e Paquistão (ambos 1,4 milhões).

De acordo com o gabinete estatístico europeu, “nos últimos anos, o Paquistão cresceu significativamente como destino de resíduos da UE” passando de 0,1 milhões de toneladas em 2004 para 1,4 milhões em 2020. Em sentido inverso, as exportações de resíduos da UE para a China caíram de 10,1 milhões de toneladas em 2009 para 0,6 milhões no ano passado.

Em 2020, as exportações de resíduos da UE para países terceiros atingiram 32,7 milhões de toneladas, um aumento de três quartos desde 2004. Por outro lado, as importações de resíduos de países fora da UE diminuíram 10% desde 2004, chegando a 16 milhões de toneladas no ano passado.

Mais de metade das exportações de resíduos (53%) em 2020 foi de ferro e aço, categoria que ascendeu a 17,4 milhões de toneladas. O principal destino foi, efetivamente, a Turquia que recebeu 68% to total destes resíduos (11,8 milhões de toneladas). Ainda nesta categoria de resíduos, a UE importou 4,1 milhões de toneladas, sendo que 32% deste valor teve origem no Reino Unido.

Atrás do ferro e aço vem o papel, a um nível muito mais baixo, com 6,1 milhões de toneladas de resíduos exportados (19% do total de resíduos exportados pelo bloco europeu em 2020). Neste caso, o principal destino foi a Índia, com 1,6 milhões de toneladas (26%), seguido da Indonésia com 1,2 milhões de toneladas (20%) e só depois a Turquia, com 0,9 milhões de toneladas (15%). No que se refere a resíduos de papel, foram importados 2,2 milhões de toneladas para a UE, sendo 41% (0,9 milhões de toneladas) também proveniente do Reino Unido.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Turquia é o principal destino dos resíduos da União Europeia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião