Bankinter aumenta lucros para 148 milhões de euros no 1.º trimestre. Portugal contribui com 14 milhões de euros

  • Lusa
  • 22 Abril 2021

A carteira de investimentos em Portugal atingiu 6,7 mil milhões de euros no último trimestre, com os fundos dos clientes a crescerem 10% durante o ano, para 5.000 milhões de euros.

O espanhol Bankinter lucrou 148,3 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, um aumento de 13,8% em relação ao ano anterior, com os balcões em Portugal a contribuírem com 14 milhões de euros.

Em comunicado publicado esta quinta-feira pela Comissão Nacional do Mercado de Valores Mobiliários (CNMV) espanhola, o grupo bancário informou que melhorou os seus principais rácios, com 11,3% na rentabilidade dos capitais próprios (ROE); 12,3% no rácio de capital ‘CET1 fully loaded’, “muito superior ao requerido pelo BCE”; e 2,37% no rácio de morosidade, menos 21 pontos base do que há um ano.

Na sua nota, o Bankinter salientou que todas as margens financeiras conseguem superar não só o mesmo período de 2020, mas também 2019, o ano anterior à crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Quanto ao negócio que tem em Portugal, o Bankinter informou que o lucro antes de impostos no primeiro trimestre do ano foi de 14 milhões de euros, 25% mais do que no mesmo período de 2020.

A carteira de investimentos em Portugal atingiu 6,7 mil milhões de euros, com um crescimento de 7%, e “como é habitual, uma tendência de crescimento mais elevado nos empréstimos às empresas”.

Ainda nesse país, os fundos dos clientes cresceram 10% durante o ano, para 5.000 milhões de euros, e os recursos geridos fora do balanço aumentaram ainda mais, 21% para 3.800 milhões de euros, o que resultou em melhorias em todas as rubricas das contas de resultados: mais 6% na margem de juros, 10% de rendimento bruto e 28% na margem antes de provisões.

O grupo bancário assegurou que, apesar da persistência das dificuldades económicas provocadas pela pandemia e de um estado de emergência que continua em vigor, a atividade comercial do banco apresentou valores de captação de negócios e de clientes que comparam muito positivamente com os do mesmo período de 2020, “dando sinais positivos de reativação e demonstrando a capacidade do banco em se adaptar a tempos particularmente turbulentos“.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bankinter aumenta lucros para 148 milhões de euros no 1.º trimestre. Portugal contribui com 14 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião