Global Media perde mais de 16 milhões em 2020

O grupo que detém o Jornal de Notícias, o Diário de Notícias e a TSF, entre outros, registou prejuízos de mais de 16 milhões de euros em 2020. E vai avançar para cortes de horários e de salários.

A Global Media registou prejuízos de cerca de 16,4 milhões de euros no ano da pandemia, um agravamento face aos prejuízos do ano anterior. Os resultados de 2020 a que o ECO teve acesso ainda são provisórios, mas mostram a frágil situação financeira da Global Media, dona de títulos como Jornal de Notícias, Diário de Notícias, TSF e O Jogo. A empresa já estava em dificuldades antes da chegada do coronavírus, mas a Covid-19 acentuou as dificuldades do grupo, que anunciou esta quarta-feira a adesão ao plano de apoio à retoma, com redução de horários e cortes salariais.

No final do ano passado, o grupo avançou com um despedimento coletivo de 81 trabalhadores, entre os quais 17 jornalistas. Esta quarta-feira, comunicou a adesão ao apoio à retoma progressiva, reduzindo horários e os salários acima de 2.000 euros brutos. Até este valor, o Estado compensa o corte salarial até 100% do ordenado.

De acordo com os números apurados pelo ECO, o grupo de media registou no ano passado, um lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA contabilístico) negativo em 12,7 milhões de euros. As receitas (vendas e serviços prestados) recuaram de 45,6 milhões em 2019 para 33,3 milhões, havendo ainda 2,7 milhões em outros rendimentos e ganhos.

Os gastos com pessoal têm caído desde 2018 e fixaram-se, em 2020, nos 22,7 milhões de euros. Houve ainda mais de dois milhões de euros em outros gastos e perdas. Contas feitas, o resultado operacional foi negativo em 15,2 milhões de euros.

O histórico de resultados do grupo na última década foi sempre de prejuízos. Em 2009, a Global Media faturava na ordem dos 100 milhões de euros, que passaram a cerca de 33 milhões em 2020, mas já nesse ano os prejuízos passaram os seis milhões de euros.

Marco Galinha, dono do grupo Bel, entrou no capital da Global Media no final do ano passado. Assumiu o cargo de chairman da empresa no início deste ano, com um mandato até 2024.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Global Media perde mais de 16 milhões em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião