Pós-Brexit: França ameaça cortar luz a ilha britânica

  • ECO
  • 6 Maio 2021

Se França depende do mar britânico para pescar, a ilha britânica de Jersey depende de energia gaulesa. Paris acusa Londres de violar o acordo comercial nos direitos de pesca e ameaça cortar a energia.

França ameaçou apagar a luz à ilha britânica de Jersey por considerar que o acordo de direitos de pesca, previsto no Brexit, ter sido violado, o que levou Londres e também Paris a enviarem navios de patrulha militares para a área. Entretanto, os pescadores franceses estão a deixar Jersey e a finalizar o protesto sobre os seus direitos de pesca no pós-Brexit , noticia a Bloomberg.

O Reino Unido enviou dois navios militares na noite de quarta-feira para prevenir um bloqueio dos barcos de pesca. Já França enviou também dois navios, na manhã do mesmo dia, para garantir a segurança de todos no mar.

Segundo um comunicado de Downing Street, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, falou com o ministro-chefe de Jersey, John Le Fondré, sobre a necessidade urgente das tensões acalmarem. Um dia depois os pescadores franceses começaram a deixar a ilha a 22 quilómetros da costa francesa.

A questão dos direitos de pesca foi um dos assuntos mais controversos do acordo pós-Brexit e o envio dos navios é o mais recente sinal de atrito entre os dois países após a saída do Reino Unido da União Europeia. Se França depende do mar britânico para pescar, a ilha de Jersey depende da energia francesa, fornecida através de cabos submarinos.

A ministra francesa do Mar, Annic Girardin, ameaçou assim cortar a energia da ilha, dizendo que o Reino Unido tinha violado os termos do acordo comercial, algo com a qual a Comissão Europeia concorda.

“Como sabem, o acordo [Brexit] contém medidas de retaliação. Por isso, no que diz respeito a Jersey, recordo-vos, por exemplo, o transporte de eletricidade através de cabos submarinos. Portanto, temos os meios, e embora lamente que tenha chegado a este ponto, fá-lo-emos se for necessário”, disse no parlamento francês, segundo escreve o Politico.

O Reino Unido nega que o acordo tenha sido violado e um porta-voz do governo de Boris Johnson disse que “ameaçar Jersey assim é claramente inaceitável. Também o ministro das Relações Externas de Jersey, Ian Gorst, disse à BBC que “esta não é a primeira ameaça que os franceses fazem a Jersey ou ao Reino Unido desde que estamos neste novo acordo”, considerando “desproporcional” um corte de energia à ilha (que se situa a apenas 22 quilómetros da costa francesa).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pós-Brexit: França ameaça cortar luz a ilha britânica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião