Nuno Rangel: “Parece que em Portugal é vergonha falar sobre grandes empresas”

  • ECO
  • 9 Maio 2021

O líder da Rangel Soluções Logísticas considerou que, por vezes, há a perceção de que é "vergonha" em Portugal falar de grandes empresas, mas salientou que estas também precisam de apoio.

Portugal tem “vergonha” de falar de grandes empresas, diz o gestor Nuno Rangel, presidente executivo da Rangel Soluções Logísticas. Estas também precisam de apoios para se internacionalizarem verdadeiramente, avisou, em entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios.

“Às vezes parece que em Portugal é vergonha falar sobre grandes empresas. E a verdade é que há muito poucas grandes empresas em Portugal, ainda mais se formos a ver de capital 100% português. É importante dar força a essas empresas. Não devemos ter vergonha de querer ajudar as pequenas a serem médias, as médias a serem grandes e as grandes a poderem crescer, especialmente na área internacional”, defendeu.

Para o gestor, o país foca-se “muitas vezes” nas pequenas e médias empresas e “exportações”, o que reconheceu ser “vital”. “Mas esquecemo-nos de que apoio podemos dar a uma empresa média ou grande para se internacionalizar, para realmente se internalizar, e para se internacionalizar em países interessantes”, apontou Nuno Rangel, desabafando: “Normalmente, para estas empresas não há apoio nenhum.”

Na mesma entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios, Nuno Rangel indicou ainda que a Rangel Soluções Logísticas faturou 203 milhões de euros em 2020, esperando um volume de negócios de 215 milhões em 2021, com crescimento de 5,5%. A empresa ajudou o país com o transporte de máscaras a partir da China no início da pandemia e tem participado no transporte de algumas vacinas em Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nuno Rangel: “Parece que em Portugal é vergonha falar sobre grandes empresas”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião