Depois de bitcoin para comprar Teslas, SpaceX aceita pagamento em Dogecoin

A SpaceX, de Elon Musk, aceitou enviar um satélite de 40 kg para a lua a troco de Dogecoin. O gestor tinha prometido a 1 de abril que iria levar a criptomoeda até à lua.

A Dogecoin vai chegar à lua — quase literalmente. A empresa espacial privada SpaceX, fundada pelo controverso gestor Elon Musk, aceitou enviar um satélite para a lua ao abrigo de uma missão que será totalmente paga em Dogecoin, uma criptomoeda semelhante à bitcoin que nasceu de uma piada na internet.

O satélite tem cerca de 40 kg e será transportado a bordo de um foguetão Falcon 9, numa missão financiada pela Geometric Energy Corporation, anunciou a empresa num comunicado. Elon Musk confirmou os detalhes sobre a missão “Doge-1” no Twitter:

A Dogecoin não é só mais uma criptomoeda. O criptoativo foi criado pelos programadores Billy Markus e Kackson Palmer em dezembro de 2013 para servir de forma de pagamento instantânea e sem comissões. É representada pelo famoso cão imortalizado no meme “Doge” na cultura da internet e caiu recentemente nas boas graças do fundador da SpaceX e “patrão” da Tesla.

Ao longo dos últimos meses, várias piadas publicadas por Elon Musk no Twitter têm impulsionado o valor da Dogecoin, mais um indicador da extravagância em torno deste mercado. Cada moeda valia 0,00497 dólares a 1 de janeiro, mas atingiu um pico de 0,71641 dólares a 8 de maio.

Imagem ilustrativa da Dogecoin.Дмитрий Шустов via Flickr

No dia 1 de abril de 2021, dia das mentiras, o gestor, que é considerado o homem mais rico do mundo e se autointitulou “pai do Doge”, prometeu que a SpaceX iria pôr “a Doge literal na lua literal”, uma referência à piada “to the moon” usada frequentemente pelos novos pequenos investidores de retalho para indicar a direção que querem que os seus investimentos tomem.

O lançamento do satélite da SpaceX está marcado para o primeiro trimestre de 2022 e espera-se que o recolha informação sobre a lua através de sensores e câmaras integradas com um sistema de comunicação e processamento de dados.

Citado em comunicado, o presidente executivo da Geometric Energy Corporation, Samuel Reid, considerou: “Tendo oficialmente transacionado com Doge para um negócio desta magnitude, a Geometric Corporation e a SpaceX solidificaram a Doge como unidade de conta para negócios lunares no setor espacial. Esta missão vai demonstrar a aplicabilidade das criptomoedas para lá da órbita da Terra e lançar as bases do comércio interplanetário.”

A aceitação de Dogecoin como forma de pagamento pela SpaceX acontece poucos meses depois de a Tesla, fabricante de automóveis elétricos liderada por Elon Musk, ter investido 1,5 mil milhões de dólares em bitcoin, outra criptomoeda. A empresa também passou a aceitar, recentemente, pagamentos em bitcoin pelos seus automóveis.

Este fim de semana, Elon Musk sentou-se na cadeira de apresentador do famoso programa norte-americano Saturday Night Live. Os investidores acreditavam que Musk iria impulsionar ainda mais o valor da Dogecoin, mas uma declaração do gestor acabou por precipitar uma queda expressiva e a criptomoeda eliminou um terço do seu valor num curto espaço de tempo.

Entretanto, o valor da Dogecoin está a recuperar esta segunda-feira, subindo 1,86%, para 0,4973 dólares. O criptoativo tem um valor de mercado de 64,7 mil milhões de dólares e foram transacionados 21,7 mil milhões de dólares em Dogecoin nas últimas 24 horas, de acordo com a plataforma CoinMarketCap.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois de bitcoin para comprar Teslas, SpaceX aceita pagamento em Dogecoin

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião