Já existe acordo para a ligação férrea entre a Região Norte e a Galiza, anuncia Rui Moreira

A linha férrea é a "concretização de um velho sonho" para a região do Norte e Galiza. A realização deste projeto ainda deve demorar dez anos até ficar concluído.

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, anunciou esta segunda-feira que o Governo já chegou a acordo “na metodologia” para a construção da nova ligação ferroviária entre a Região Norte de Portugal e a Galiza, a informação foi avançada na segunda edição dos “Diálogos Gallecia”. A concretização deste “velho sonho”, que já está pensada desde 2011, deve demorar dez anos até estar concluído.

“A indicação que eu tenho é que, de facto, haverá uma duplicação da linha do Norte, entre Lisboa e Porto, e que a partir do Porto – Campanhã ela irá pelo aeroporto até à fronteira, e depois ligando à rede espanhola”, disse Rui Moreira, dizendo que a última reunião que teve com governantes é recente e que já serviu para “avaliar a forma como é que a linha férrea se casa com a cidade”.

Esta ligação será “sob bitola ibérica” e não europeia, o que, segundo Rui Moreira, tem a vantagem de permitir pequenos percursos complementares. “Ao fazer bitola ibérica temos a possibilidade de fazer serviços combinados (…), aproveitando toda a capilaridade da ferrovia espanhola que é muito mais avançada que a nossa”, e ainda indo ao encontro da “complexidade do território”, considerou o autarca.

Para Rui Moreira, o investimento na ferrovia de Espanha é, por osmose, favorável a Portugal. “A ligação de Madrid à Galiza potencia também a nossa região. A partir do momento em que esteja a funcionar, o que eu quero é que nós consigamos, com esta nova linha que faz a ligação entre Lisboa, Porto, Vigo e Corunha, é pegar na malinha, sair na estação, e entrar imediatamente no TGV [Trem de Grande Velocidade]”.

Também o presidente do Governo Regional da Galiza, Alberto Nuñez Feijoo, destacou que “a Galiza e o Norte de Portugal sempre tiveram como objetivo principal unir os territórios e poder formar uma eurorregião”, considerando-a “uma história de êxito”.

De acordo com Feijoo, “o Governo português disse claramente ao Governo espanhol que a sua prioridade é Lisboa-Porto-Vigo”. “Esta é uma grande notícia, penso que é boa para Portugal e boa para Espanha. Não tem tudo de se concentrar de forma central, através de Madrid, é um erro. Vive mais gente nesta zona, há uma atividade económica superior e é uma forma também de entrar nas cidades espanholas através da Galiza”, sublinhou o presidente do Governo Regional da Galiza.

“Espero que o Governo português e o Governo espanhol priorizem dentro dos fundos europeus estes investimentos”, realçou Alberto Nuñez Feijoo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Já existe acordo para a ligação férrea entre a Região Norte e a Galiza, anuncia Rui Moreira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião