Porque deve vacinar-se? Graça Freitas explica-lhe

  • ECO
  • 14 Maio 2021

A diretora-geral da Saúde fez um vídeo para explicar aos portugueses porque devem ir vacinar-se. O apelo é feito numa altura em que o ritmo de vacinação está a acelerar.

Quanto maior o número de pessoas vacinadas, menor será a velocidade de propagação do vírus“. É com esta frase que a Direção-Geral da Saúde está a apelar aos portugueses para que se vacinem numa altura em que o ritmo de vacinação está a acelerar significativamente. Num vídeo, divulgado esta sexta-feira, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, explica aos portugueses porque devem vacinar-se contra a Covid-19.

Há “duas grandes vantagens” na vacinação: a primeira é a proteção do próprio contra a doença e as suas complicações e a segunda é a proteção da comunidade. Esta proteção indireta que uns dão aos outros chama-se imunidade de grupo e é isso que nós todos queremos atingir“, diz Graça Freitas, definindo que é preciso ter “pelo menos 60% a 70% da população vacinada para que todos possamos estar protegidos”.

No Twitter, a partilha feita na conta do Serviço Nacional de Saúde usa o slogan que marca a estratégia de comunicação de saúde pública durante esta pandemia: “Seja um agente de saúde pública“. Neste caso, o apelo é para que se vacine, mas anteriormente foi usado para a utilização da máscara ou a prática do distanciamento social.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Porque deve vacinar-se? Graça Freitas explica-lhe

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião