Portugal recebe Eurogrupo e Ecofin. Lagarde estará presente

  • Lusa
  • 17 Maio 2021

Reuniões informais dos ministros das Finanças da Zona Euro (Eurogrupo) e da União Europeia (Ecofin), no âmbito da presidência portuguesa da UE, contam com governadores dos bancos centrais.

Portugal recebe na sexta-feira e no sábado reuniões informais dos ministros das Finanças da Zona Euro (Eurogrupo) e da União Europeia (Ecofin), no âmbito da presidência portuguesa da UE, contando com a presença dos governadores dos bancos centrais.

No Centro Cultural de Belém, em Lisboa, centro logístico da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, estarão responsáveis como o vice-presidente da Comissão Europeia Valdis Dombrovskis, o comissário europeu da Economia, Paolo Gentiloni, a comissária para a Estabilidade Financeira, Mairead McGuinness, a economista-chefe da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Laurence Boone, ou a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

De acordo com fonte oficial do Ministério das Finanças, os trabalhos arrancam na sexta-feira com uma reunião informal do grupo de ministros das Finanças da Zona Euro (Eurogrupo), marcada para as 9h00, que contará também com a presença do presidente do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), Klaus Regling.

A essa reunião segue-se uma conferência de imprensa do presidente do Eurogrupo, o ministro irlandês Paschal Donohoe, e do ministro de Estado e das Finanças português, João Leão.

Depois do almoço, o programa prossegue uma ‘fotografia de família’ e com a presença dos governadores dos vários bancos centrais da União Europeia, numa reunião informal conjunta com o Ecofin, que tem dois painéis de discussão na agenda.

O primeiro versará sobre o impacto conjunto das políticas monetárias e orçamentais e será encabeçado pelo antigo vice-presidente do BCE Vítor Constâncio, e o segundo acerca da preparação para um ciclo virtuoso entre o setor financeiro e não financeiro, apresentado pela economista italiana Lucrezia Reichlin, da London Business School.

No final do dia, pelas 18h00, estão previstas declarações de João Leão aos jornalistas, a que se seguirá um habitual jantar informal no antigo Picadeiro Real, na zona de Belém, em Lisboa, com a presença dos ministros e governadores.

No sábado estão previstos mais dois painéis, o primeiro dedicado à recuperação ‘verde’ da economia e aos impostos ambientais, aberto pelo comissário europeu Paolo Gentiloni, que decorrerá das 09h00 às 10h30, e o segundo a questões mais estruturais da recuperação, a partir das 11h00, apresentado pelo diretor do ‘think-tank’ Bruegel, Guntram Wolff.

No final das sessões haverá novo encontro com a imprensa que, além de contar com João Leão e Paolo Gentiloni, terá também a presença do vice-presidente do BCE Luis de Guindos.

Estão para já confirmadas as presenças dos ministros das Finanças de países como Espanha (Maria Jesús Montero), França (Bruno Le Maire), Alemanha (Olaf Scholz) ou Itália (Daniele Franco), bem como dos respetivos governadores dos bancos centrais, devendo os responsáveis de alguns dos 27 Estados-membros da União Europeia participar nos eventos através de videoconferência.

Desde o início da presidência portuguesa do Conselho da UE, em janeiro, é a primeira vez que há reuniões do Eurogrupo e Ecofin realizadas de forma presencial.

Todas as pessoas envolvidas no evento terão de ter um teste PCR negativo à Covid-19, realizado nas 72 horas anteriores à entrada no Centro Cultural de Belém.

Portugal assume a presidência do Conselho da União Europeia durante o primeiro semestre deste ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal recebe Eurogrupo e Ecofin. Lagarde estará presente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião