Costa apela ao cumprimento das “regras” para que a “situação” pandémica se mantenha controlada

Primeiro-ministro destaca que é importante informar os turistas que chegam a Portugal acerca das "regras" concretas que estão em vigor no país.

António Costa referiu-se, esta terça-feira, à situação pandémica existente em Portugal como estando mais controlada do que em momentos anteriores. Porém, em declarações dirigidas à comunicação social, o primeiro-ministro esclareceu que tal apenas se manterá caso sejam cumpridas as regras definidas para travar a propagação da pandemia.

Estando na cidade francesa de Paris a propósito da Cimeira para o Financiamento das Economias Africanas, Costa destacou que “estamos numa situação bem melhor do que já estivemos”, mas que isso apenas se manterá “se não relaxarmos relativamente às regras”. Isto porque, como relembra, sempre que existiu algum nível de relaxamento quanto às medidas de contenção da Covid-19, a “situação piorou”.

Deste modo, o primeiro-ministro apela a que não se incentive à criação da “ideia de que o pior já passou”. Assim, questionado diretamente acerca da forma indicada para manter um “equilíbrio” entre a vinda de turistas britânicos para Portugal e o controlo da propagação da pandemia, lembrou, uma vez mais, que esse equilíbrio se mantém “com o cumprimento das regras”, o qual estará sob “vigilância constante”.

Posto isto, será importante que se informe “os estrangeiros” acerca das “regras” concretas que estão em vigor em território nacional, na medida em que estas podem variar entre os diferentes países. Nomeadamente, no que toca às medidas aplicadas “às praias”, que serão semelhantes às “do ano passado”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa apela ao cumprimento das “regras” para que a “situação” pandémica se mantenha controlada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião