Petróleo supera a fasquia dos 70 dólares por barril em Londres

Cotação do petróleo está a ser suportada pelo otimismo em torno do aumento da procura uma vez levantadas as restrições por causa da pandemia.

O Brent está acima da fasquia dos 70 dólares. O barril de petróleo negociado em Londres toca máximos de meados de março perante a perspetiva de aumento da procura com a reabertura das economias. De acordo com dados da Reuters, o Brent segue a ganhar 0,9% para os 70,08 dólares por barril, sendo esta tendência positiva acompanhada pelo West Texas Intermedia (WTI), negociado em Nova Iorque, que avança para quase 67 dólares.

As cotações do barril de petróleo prosseguem a recuperação recente, impulsionadas pelo otimismo em torno do aumento da procura uma vez levantadas as restrições por causa da pandemia.

“A suportar estas subidas está o crescente otimismo numa forte recuperação na procura por combustíveis nos EUA e na Europa, tendo em conta o aliviar das restrições associadas à pandemia” diz Chiyoki Chen, analista da Sunward Trading, citado pela Reuters.

Com a maioria das economias a reabrirem, numa altura em que está a acelerar o ritmo de vacinação contra a Covid-19, a perspetiva é de que se assista a uma recuperação rápida na procura por petróleo.

A ajudar a esse otimismo estão os vários pacotes de estímulo que têm sido anunciados desde a Europa aos EUA, até à China, que deverão puxar pelas economias, fazendo aumentar ainda mais a pressão sobre as cotações do “ouro negro”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Petróleo supera a fasquia dos 70 dólares por barril em Londres

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião