Um em cada 10 autotestes comunicados à plataforma deu positivo à Covid

Desde que a plataforma online foi lançada, já foram comunicados 715 resultados, dos quais 87 positivos e 14 inconclusivos, revelaram os SPMS, ao ECO. Isto significa que só um em 10 foram positivos.

No espaço de apenas cinco dias foram reportados 715 resultados de autotestes de despiste à Covid-19 na plataforma online criada para o efeito. Deste total, 628 autotestes foram negativos, 73 positivos e apenas 14 inconclusivos, segundo os dados divulgados pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), ao ECO. Isto significa que apenas um em cada dez portugueses que comunicaram os resultados testou positivo para a Covid-19.

Foi na passada quinta-feira, 20 de maio, que entrou em funcionamento a plataforma online que permite aos cidadãos reportarem os resultados dos autotestes de despiste à Covid-19 que começaram a ser vendidos nas farmácias e parafarmácias portuguesas para utilização da população em geral. Até então, os utentes apenas podiam comunicar os resultados positivos ou inconclusivos a partir da linha SNS 24, pelo que com esta plataforma os resultados negativos podem agora também ser comunicados.

Na plataforma eletrónica, até ao dia 25 de maio foram reportados 715 resultados de autotestes SARS-CoV-2, dos quais 73 positivos e 14 inconclusivos“, informou fonte oficial dos SPMS, em resposta ao ECO. Nesse sentido, é possível constatar que a grande maioria dos resultados comunicados através desta plataforma foram negativos (628), o que representa cerca de 87,8% do total.

Ao mesmo tempo, isto significa também que apenas um em cada dez resultados comunicados através desta ferramenta online foram positivos (10,2%) e 2% foram inconclusivos. E foi mesmo no dia de lançamento desta plataforma que foi comunicado o maior número de autotestes. “No dia 20 de maio foram reportados 171 resultados, o maior número registado num dia, até ao momento”, sinaliza o mesmo organismo.

Segundo as recomendações das autoridades de saúde, os utentes que tenham um teste positivo ou inconclusivo devem, depois de registarem na plataforma o resultado do teste, contactar a linha SNS24 e seguir as orientações emanadas pelos profissionais de saúde. Não obstante, esta ferramenta permite às autoridades perceberem se um utente com resultado positivo ligou efetivamente para o SNS24 nas 12 horas seguintes ao reporte, sendo que em caso de ausência de reporte, será enviada uma SMS a pedir esse contacto. Nesse sentido, desde de que foi lançada esta nova funcionalidade, foram “enviadas 63 SMS nos casos em que houve ausência de reporte”, destacam ainda os SPMS.

No início de abril, o Governo permitiu que os testes rápidos antigénio pudessem ser adquiridos por pessoas com mais de 18 anos, sem a supervisão de um profissional de saúde, nas farmácias ou outros locais autorizados à venda de medicamentos não sujeitos a receita médica, na sequência de regime excecional aprovado pelo Executivo. Na altura Infarmed, INSA e Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiram uma norma a definir como é que os resultados deveriam ser comunicados pelos cidadãos.

Entre as orientações, constava que o reporte de resultados positivos ou inconclusivos no caso dos doentes assintomáticos desencadeava automaticamente um teste confirmatório PCR, desde que o cidadão não tenha sido diagnosticado com Covid-19 nos 90 dias anteriores, e que seria emitido pelas autoridades de saúde, por forma a despistar os falsos positivos. Assim, os SPMS indicam ainda que “de 5 de abril a 26 de maio, o SNS 24 registou 1.143 contactos de utentes assintomáticos que comunicaram resultado de autoteste positivo ou inconclusivo“.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Um em cada 10 autotestes comunicados à plataforma deu positivo à Covid

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião