Valor dos créditos em moratória cai para menos de 40 mil milhões de euros

Montante global de empréstimos abrangidos por moratórias era de 39,3 mil milhões de euros no final de abril, de acordo com dados do Banco de Portugal.

O valor dos créditos em moratória encolheu em abril. De acordo com os dados do Banco de Portugal, o montante global de empréstimos abrangidos por moratórias era de 39,3 mil milhões de euros, menos 3,6 mil milhões do que em março.

“A redução do montante de empréstimos em moratória resulta do decréscimo tanto dos empréstimos em moratória concedidos a particulares como dos concedidos a sociedades não financeiras“, diz o supervisor do setor financeiro português, em comunicado.

Segundo o Banco de Portugal, os montantes diminuíram 2,0 mil milhões de euros entre os empréstimos dos particulares e 1,4 mil milhões de euros no caso das empresas, respetivamente.

Houve uma quebra mais acentuada entre os particulares que “é maioritariamente explicada pelos empréstimos com a finalidade habitação, que diminuíram 1,6 mil milhões de euros, refletindo sobretudo o término da moratória privada”, no final de março. Em março, o valor em moratória caiu 3,7 mil milhões.

Deste total de 39,3 mil milhões de euros, a maioria são créditos que não representam risco para o sistema financeiro, mas há uma parte que é de risco elevado.

A banca tem quase 2,6 mil milhões de euros dos empréstimos em moratória encontram-se já em situação irregular por causa da pandemia, de acordo com dados compilados pelo ECO. O setor arrisca, assim, anular o esforço de redução do malparado feito ano passado em que o crédito em incumprimento baixou 2,8 mil milhões de euros.

(Notícia atualizada às 11h20 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Valor dos créditos em moratória cai para menos de 40 mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião