Com menos preocupações quanto à inflação, Wall Street regressa a recordes

Receios quanto à inflação começam a diminuir, enquanto investidores continuam a aguardar conclusões da reunião da Reserva Federal norte-americana.

Wall Street regressou aos recordes na primeira sessão da semana. Os receios dos investidores relativamente à inflação acalmaram, enquanto aguardam as conclusões da reunião de dois dias da Reserva Federal norte-americana, permitindo que os índices de referência S&P 500 e Nasdaq atingissem máximos de fecho.

Os investidores estão à procura de novas pistas do banco central dos EUA acerca do panorama da inflação, depois de dados recentes indicarem que a economia norte-americana está a recuperar o ímpeto, mas não a aquecer demasiado. Esta perspetiva diminuiu as preocupações dos investidores com a inflação.

O S&P 500 ganhou 0,18% para os 4.255,2 pontos, e o tecnológico Nasdaq subiu 0,74%, para 14.174,14 pontos, ambos atingindo recordes de fecho. Já o industrial Dow Jones contrariou a tendência e recuou 0,25%, para os 34.394,08 pontos.

Entre as subidas em Wall Street, o destaque vai para as tecnológicas. A Apple avançou 2,46% para os 130,48 dólares, a Netflix subiu 2,28% para os 499,89 dólares e a Amazon ganhou 1,11% para os 3.383,87 dólares.

Já a Tesla valorizou 1,28% para os 617,69 dólares, depois de o CEO Elon Musk escrever no Twitter que o fabricante de automóveis elétricos vai voltar a aceitar transações de Bitcoin quando a mineração usar mais energia renovável.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Com menos preocupações quanto à inflação, Wall Street regressa a recordes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião