Raize propõe alargamento do Conselho de Administração

  • Lusa
  • 14 Junho 2021

A Raize quer que o Conselho de Administração passe de três para cinco elementos.

A Raize vai propor, na Assembleia-Geral do próximo dia 29 de junho, um alargamento do Conselho de Administração, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Considerando que os órgãos sociais da sociedade Raize Instituição de Pagamentos, S.A. se encontram designados para o triénio compreendido entre 2018/2020 é necessário proceder a nova designação de órgãos sociais para o quadriénio compreendido entre 2021/2024”, de acordo com a mesma nota.

Assim, para o Conselho de Administração, a empresa vai propor aos acionistas o presidente José Maria Antunes dos Santos Rego e os vogais António José Ribeiro da Silva Marques, Alberto Jorge da Silva Amaral, João Clara Pinto do Rosário e Ana Filipa Mendes de Magalhães Saraiva Mendes.

De acordo com o relatório e contas da empresa referente a 2020, nesse ano este órgão contava apenas com três elementos.

A proposta inclui ainda, para a Mesa da Assembleia Geral o presidente João Manuel Pereira de Lima de Freitas e Costa e o secretário Tiago André Rodrigues Gama, bem como o Fiscal Único Cascais, Pêga Magro & Roque, SROC LDA, representado por Pedro Nuno Ramos Roque.

Em 31 de março, os acionistas da Raize aprovaram, em assembleia-geral, as contas da empresa e a proposta de aplicação de resultados.

“Foi aprovada por unanimidade dos acionistas presentes a proposta de aplicação de resultados líquidos de 2020”, segundo um comunicado à CMVM nesse dia.

A proposta em causa prevê a transferência do prejuízo de 46.362,17 euros para resultados transitados.

Na reunião foram ainda aprovadas as contas individuais e consolidadas da ‘fintech’ (empresa financeira tecnológica) portuguesa e atribuído um voto de confiança e louvor aos órgãos de administração e fiscalização da sociedade.

A votação dos restantes pontos que estavam em agenda foi adiada para a próxima assembleia-geral, em 29 de junho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Raize propõe alargamento do Conselho de Administração

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião