Fed coloca pressão nas bolsas europeias. Lisboa segue quedas

A Fed decidiu antecipar a subida de juros para 2023. Depois das quedas das bolsas americanas, seguiram-se tombos na ordem de 1% nos mercados asiáticos, sendo que as bolsas europeias cedem 0,5%.

Lisboa está em queda. A praça portuguesa acompanha a tendência negativa da generalidade das bolsas do Velho Continente, com os investidores a reagirem ao alerta deixado pela Fed de que os juros vão começar a subir em 2023.

A praça nacional recua 0,38% para 5.204,96 pontos. Lá fora, depois das quedas das bolsas americanas, seguiram-se tombos na ordem de 1% nos mercados asiáticos, sendo que as bolsas europeias registam desvalorizações de cerca de 0,5%. O Stoxx 600 cai 0,4%.

A Fed decidiu antecipar a subida de juros para 2023, sendo que antes a projeção era de que esta mexida apenas iria acontecer em 2024. Apesar de faltar ainda algum tempo até que as taxas subam, a reação dos investidores faz-se sentir já nos mercados, ditando quedas, embora ligeiras.

Praticamente todas as cotadas em Lisboa estão no “vermelho”, sendo que para a dimensão da queda do mercado português contribuem, essencialmente, os “pesos pesados”. EDP e EDP Renováveis lideram o movimento negativo, recuando 1,11% e 1,93%, respetivamente.

Empresas com negócios mais expostos ao mercado internacional, como as papeleiras, também estão a pesar na bolsa. Altri, Navigator e Semapa recuam em Lisboa, com a Altri a ser a mais castigada: cai 0,86%.

Das 18 cotadas, apenas três estão inalteradas e duas sobem. A Ramada e os CTT desafiam a tendência de queda com subidas ligeiras de 0,67% e 0,23%, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fed coloca pressão nas bolsas europeias. Lisboa segue quedas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião