Quem é Manuel Beja e como chegou a “chairman” da TAPpremium

O currículo do sucessor de Frasquilho está longe do que é habitual no cargo. Pedro Nuno Santos justifica a escolha com o perfil ligado às empresas e a opção por um conselho sem filiação política.

A escolha de Manuel Beja para presidente do Conselho de Administração da TAP causou estranheza e perplexidade até em quem com ele trabalhou. Não conhece o setor da aviação, nunca desempenhou funções em conselhos de administraçãoe era, até à semana passada, um desconhecido. Mas há quem teça elogios à sua capacidade enquanto gestor, à disponibilidade para agarrar desafios difíceis e à inteligência. O ministro das Infraestruturas defende, em declarações ao ECO, a opção pelo antigo colega do ISEG:tem um perfil ligado às empresas e à inovação, experiência na gestão de recursos humanos e capacidade de gerar consensos. Se a saída de Miguel Frasquilho do cargo de chairmancaiu como uma bomba, o nome do seu substituto também causou surpresa. Manuel Beja era até há poucos anos o diretor de

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos