Espanha deixa cair obrigatoriedade de máscaras na rua a 26 de junho

Espanha vai abolir o uso obrigatório de máscara em espaços ao ar livre, a partir de 26 de junho, anunciou esta sexta-feira, o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez.

O uso de máscara na rua vai deixar de ser obrigatório em Espanha, a partir de 26 de junho, anunciou esta sexta-feira, o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez.

Vamos realizar um Conselho de Ministros extraordinário na próxima quinta-feira e no qual vamos propor que a máscara deixe de ser obrigatória em espaços ao ar livre, a partir de sábado, 26 de junho”, afirmou esta sexta-feira Pedro Sánchez, citado pelo jornal espanhol El País (acesso livre, conteúdo em espanhol).

O chefe de Governo espanhol adiantou ainda que este é “um anúncio muito importante” para os “47 milhões de compatriotas”. Ao mesmo tempo, o líder do PSOE acrescenta que tendo em conta “estes 15 meses de pandemia” antes de “otimista” prefere ser “prudente”, mas está confiante de que “Espanha vai superar todas as previsões”.

Com o aumento do ritmo de vacinação, há alguns países a ponderarem abolir o uso obrigatório de máscara na rua, bem como o distanciamento físico. Em Portugal, a obrigatoriedade de máscara na rua foi prolongada até, pelo menos, meados de setembro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Espanha deixa cair obrigatoriedade de máscaras na rua a 26 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião