PS perde intenções de voto. Chega ultrapassa Bloco como terceira força política

  • ECO
  • 21 Junho 2021

O PSD mantém-se a 12 pontos percentuais do PS, apesar de os socialistas terem menos intenções de voto. A Iniciativa Liberal surge como o quinto partido.

No último barómetro da Intercampus divulgado esta segunda-feira, o Partido Socialista desliza nas intenções de voto passando de 37,9% para 34,6% caso as eleições legislativas fossem hoje. Esta é a marca mais baixa dos socialistas desde março do ano passado (31,4%), de acordo com o Correio da Manhã (acesso pago). Porém, o avanço face ao segundo maior partido, o PSD, continua a ser expressiva (doze pontos percentuais).

Por outro lado, o Chega ultrapassaria o Bloco de Esquerda como o terceiro partido mais votado ao atingir os 10,1% das intenções de voto, acima dos 8,9% dos bloquistas. As intenções de voto nos restantes partidos são de 22,4% no PSD, 6,4% na Iniciativa Liberal, 6% na CDU, 5,2% no PAN e 3,1% no CDS.

Entre os líderes partidários, António Costa recebe a melhor classificação com 3,1 pontos numa escala de 1 a 5 enquanto André Ventura é o pior classificado com dois pontos. Na avaliação dos ministros, Eduardo Cabrito é visto como o pior por 30,6% dos inquiridos ao passo que Marta Temido é a mais popular.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS perde intenções de voto. Chega ultrapassa Bloco como terceira força política

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião