BRANDS' PESSOAS #WomeninTech: Software Engineer da Farfetch partilha a sua história na área de IT

  • BRANDS' PESSOAS
  • 23 Junho 2021

Ana Carolina Cardoso, Software Engineer da Farfetch, é a 1ª convidada da youtuber Geek’alm no projeto Women in Tech @ Kaspersky Portugal, que quer debater os desafios das mulheres em tecnologia.

Após a divulgação do estudo Women in Tech a nível mundial, a Kaspersky lança agora o desafio em Portugal, com a campanha que pretende debater as oportunidades e desafios das mulheres no mundo tecnológico. A primeira conversa, lançada hoje, junta a Youtuber de tecnologia Geek’alm a Ana Carolina Cardoso, Software Engineer na gigante tecnológica Farfetch, em Portugal.

O primeiro episódio da campanha Women in Tech @ Kaspersky Portugal foi hoje lançado no YouTube e conta-nos a história de Ana Carolina Cardoso, Software Engineer na Farfetch, plataforma mundial líder no mercado da moda de luxo online. Ana Carolina é formada em Informática para a Saúde pelo Instituto Politécnico de Leiria, contando com cerca de 10 anos de experiência na área. Na Farfetch desde 2016, considera-se uma verdadeira apaixonada por tecnologia e por toda a sua vertente técnica.

Ao longo de cerca de 30 minutos, Ana Carolina Cardoso partilha a sua visão em relação ao mundo tecnológico e às temáticas da igualdade de género, onde reconheceu o crescente investimento das empresas na promoção de medidas igualitárias e realçou a falta de profissionais do sexo feminino no setor de IT.

"Não tenham medo de arriscar e de serem quem são, de serem confrontadas ou de responder. Se nós tivermos medo e não arriscarmos, nunca vamos transformar este mundo de homens num mundo igual.”

Ana Carolina Cardoso

Software Engineer da Farfetch

Durante a conversa, a Software Engineer da Farfetch aborda igualmente a sua experiência e percurso profissional até chegar ao cargo atual, assim como analisa questões em torno da igualdade de género, políticas empresariais de equidade, carreira e atração e retenção de mais mulheres no setor. E deixa o conselho: “Se é mesmo isto que querem fazer, não tenham medo. Este é um mundo ainda dominado por homens e, para revertermos isto, precisamos de mais mulheres. Não tenham medo de arriscar e de serem quem são, de serem confrontadas ou de responder. Se nós tivermos medo e não arriscarmos, nunca vamos transformar este mundo de homens num mundo igual.”

A presença feminina na tecnologia tem vindo a crescer ao longo dos anos, fazendo com que este seja cada vez menos um universo associado aos homens, mas ainda há muito espaço para evoluir. As mulheres continuam a ser uma minoria no mundo da tecnologia e é preciso continuar a reverter esta tendência.

A Women in Tech @ Kaspersky Portugal é a nova campanha da Kaspersky, que dá voz às várias mulheres portuguesas que trabalham no setor de IT e cuja carreira poderá inspirar mais mulheres a juntarem-se ao mundo da tecnologia. Esta campanha, transmitida no Youtube e constituída por três episódios, promove conversas informais com convidadas exclusivas de grandes empresas em Portugal, que partilham as suas experiências, oportunidades e desafios no acesso à profissão e na evolução da sua carreira. Este conjunto de entrevistas procura desmistificar alguns preconceitos associados à profissão no feminino e encorajar jovens a ingressarem no mundo das tecnologias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

#WomeninTech: Software Engineer da Farfetch partilha a sua história na área de IT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião