OMS alerta para “nova vaga” da Covid-19 na Europa

Depois de 10 semanas de recuo, os novos casos voltaram a aumentar na Europa. Menos restrições, mais ajuntamentos e viagens e a variante Delta são algumas das causas apontadas pela OMS.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou, esta quinta-feira, que depois de mais de dois meses de declínio de casos de coronavírus na Europa, o número voltou a aumentar. Há risco de uma nova vaga.

“Haverá uma nova vaga na Europa, a menos que continuemos disciplinados”, disse o diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, durante uma conferência de imprensa.

Já “na semana passada, o número de casos aumentou 10%, impulsionado pelo aumento das viagens, ajuntamentos e flexibilização das restrições sociais”, avisou.

Além das razões mencionadas, Hans Kluge também aponta a variante Delta como causa dos problemas da Europa. “[A variante] Delta ultrapassa a Alfa muito rapidamente e já está a traduzir-se num aumento do número de hospitalizações e mortes. Em agosto, a variante será dominante na Europa.”

O problema, segundo o responsável, é que em agosto a região não estará totalmente vacinada (ainda há muitos europeus à espera da primeira dose da vacina) e, além disso, estima que as restrições não deverão ser impostas pelos governos europeus durante o verão, mantendo-se os países abertos aos turistas.

Para Kluge estão, assim, reunidas as condições para uma nova vaga de hospitalizações e mortes em excesso antes do outono: novas variantes, atraso na vacinação e aumento dos ajuntamentos sociais.

E lembrou: “As vacinas são eficazes contra a variante Delta. Não uma dose, mas duas doses. Os atrasos em vacinar custam vidas e economias, e quanto mais lenta for a vacinação, mais variantes irão emergir“. Pior, o diretor para a Europa indicou que metade dos idosos e 40% dos profissionais de saúde europeus estão ainda por vacinar – longe da meta de vacinar 80% da população adulta.

Tome a vacina. Não pense duas vezes“, concluiu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OMS alerta para “nova vaga” da Covid-19 na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião